Vovôs jardineiros renovam o quintal durante a quarentena

Um casal na Inglaterra se superou ao criar um jardim espetacular em seu quintal depois de se dedicar à tarefa no isolamento social

Tony e Marie têm um jardim com quase 3 mil espécies

Tony e Marie têm um jardim com quase 3 mil espécies

Reprodução/Fox News

O clínico geral aposentado Tony Newton e sua esposa Marie colocaram três mil plantas e flores em seu quintal. O casal passou 38 anos transformando a área externa de sua modesta casa no que hoje chamam de "jardim das quatro estações".

Durante o bloqueio social na Ingaterra, os dois dedicaram todo seu tempo para cultivar novas espécies compradas vida internet. Eles até instalaram grandes estações de alimentação de pássaros no pátio.

Imagens de drones mostram o jardim, localizado em Walsall, vibrante com as cores da primavera, que o casal diz ser a exibição mais impressionante que já viram.

A avó de quatro netos, Marie, 72 anos, começou a cuidar do jardim em 1982, enquanto trabalhava como planejadora de transporte e enfermeira. Tony, 70 anos, se juntou a ela depois que se aposentou da Medicina.

Eles aproveitaram a quarentena para colocar novas mudas de flores no jardim

Eles aproveitaram a quarentena para colocar novas mudas de flores no jardim

Reprodução/Fox News

"Tony e eu normalmente passamos duas horas por dia no jardim, mas desde o bloqueio e o fato de termos mais de 70 anos, temos ainda mais tempo de sobra. Às vezes, ficamos no jardim o dia todo e só entramos quando escurece", ela disse. “Entramos no confinamento um pouco mais cedo do que a maioria das pessoas, porque Tony era um clínico geral e eu era enfermeira."

Marie disse que o casal planejava convidar pessoas para a "inauguração" do jardim em 22 de maio, mas percebeu que isso não seria possível em meio ao bloqueio. Em vez disso, começaram a sonhar com maneiras de levar seu jardim para o todo mundo ver.

Imagens de drones mostram a riqueza de plantas e flores do jardim

Imagens de drones mostram a riqueza de plantas e flores do jardim

Reprodução/Fox News

“Pensamos nas coisas e decidimos que talvez pudéssemos cultivar legumes em vasos grandes no pátio. Temos uma varanda que convertemos em uma espécie de estufa temporária", disse ela. "Também instalamos três estações de alimentação de pássaros e que proporcionam uma imensa quantidade de prazer. Temos tantos tipos diferentes de pássaros entrando e saindo."

O casal também seguiu a recomendação de ficar em casa, encomendando todos os seus suprimentos pela Internet. Mas, apesar de criar o seu próprio oásis, eles dizem que sentem mais a falta dos netos.

"Não pudemos de sair e sentimos muita falta dos netos porque eles adoravam brincar aqui. Temos casas de fadas e os córregos em que eles se divertiam. Costumávamos cuidar deles algumas noites por semana, mas está tudo parado ", disse ela. “É muito doloroso não tê-los, mas mantemos contato através do Skype ou FaceTime."

O jardim como era nos anos 90

O jardim como era nos anos 90

Reprodução/Fox News

“A primavera é minha época favorita para ver o jardim em plena floração. Isso me dá um enorme senso de otimismo", acrescentou. "Ver as fotos do jardim de cima é muito especial. Você tem uma noção real do que alcançamos. Há sempre algo novo para tentar ou uma flor para plantar. É um hobby que se tornou obsessão. Penso no jardim o tempo todo.”

O casal já havia ganhou vários prêmios, inclusive o de Melhor Jardim da Grã-Bretanha. "Não conseguimos fazer uma auditoria completa de todas as flores e árvores, mas existem mais de 3.000 plantas no jardim", disse Marie. "Foi muito gratificante usar tantas habilidades e ter realizado todas as tarefas por nós mesmos. Todas, exceto duas de todas as plantas em nosso jardim, foram plantadas por nós".