Tamara Ecclestone tem mais de R$ 270 milhões em joias roubadas 

Filha de ex-chefão da Fórmula 1 teve a casa invadida em Londres. Em 2016, a família Ecclestone também passou por um sequestro no Brasil. Entenda

Tamara Ecclestone sofreu roubo de mais de 50 milhões de libras em joias

Tamara Ecclestone sofreu roubo de mais de 50 milhões de libras em joias

reprodução

A modelo e socialite Tamara Ecclestone, filha do ex-presidente de Fórmula 1 Bernie Ecclestone, teve suas joias avaliadas em 50 milhões de libras — o equivalente a R$272 milhões — roubadas de sua mansão em Kensington Gardens, bairro nobre de Londres. 

Veja também: Joias de Kendall Jenner no valor de R$ 630 mil são furtadas

Segundo o MailOnline, três ladrões passaram 50 minutos esvaziando cofres na casa de 57 quartos da socialite na sexta-feira à noite. A gangue teria escapado por uma janela da casa, apesar dos vários postos de patrulha 24 horas e controle de policiais armados. 

Entre os objetos roubados estava uma pulseira Cartier, oferecida à Tamara de presente de noivado, no valor de 100 mil libras. 

A Scotland Yard segue a linhda de investigação de que os suspeitos teriam sido auxiliados por alguém do interior da casa, que não apenas sabia a localização dos confres mas o momento em que a família estaria fora. 

Apesar de se declarara "chocada e zangada" com a situação, a socialite viajou com a filha Sophia para a Lapônia para passar o fim de semana.

Scotland Yard suspeita que conhecido sabia de funcionamento da mansão Ecclestone

Scotland Yard suspeita que conhecido sabia de funcionamento da mansão Ecclestone

reprodução

Sequestro no Brasil 

Esta não é a primeira vez que a família Ecclestone é vítima de um crime. Em julho de  2017, a sogra de Bernie foi sequestrada em Cotia, na Grande São Paulo. A brasileira Aparecida Schunk Flosi Palmeira, na época com 67 anos, permaneceu dez dias na mira dos sequestradores.