Scarpa abre jogo sobre chip na namorada: “Só meu cão tem isso”  

Ao R7, conde desmentiu história de que teria implantado um localizador em Luana Risério e explicou história por trás da tecnologia de R$ 30 mil 

Chiquinho Scarpa diz que único com chip localizador é o cachorro Pacheco Pafúncio

Chiquinho Scarpa diz que único com chip localizador é o cachorro Pacheco Pafúncio

reprodução

Você colocaria um chip para controlar os passos de seu parceiro? Foi com essa notícia dada por um jornal que o conde Chiquinho Scarpa se tronou um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta quarta-feira (8). Os usuários das redes sociais ficaram espantados com a história de que empresário teria colocado um localizador de R$ 30 mil reais em sua namorada, Luana Risério. Em entrevista ao R7, no entanto, o milionário desmentiu a história. "É fake news", disse ele, explicando que tudo teria começado durante a gravação do programa A Tarde é Sua, da RedeTV. 

“Gravei um programa para a Sônia Abrão no dia 21 de agosto. Ela resolveu colocar o programa no ar em 1º de janeiro, cinco meses depois. Na ocasião, uma repórter me perguntou se eu não perdia Luana em minha mansão, e se minha namorada era ‘chipada’.”

Scarpa admitiu que respondeu "sim" para a pergunta, mas diz que tudo não passou de uma brincadeira.

“Aqui em casa, a única 'pessoa' com chip é meu cachorro, o Pacheco Pafúncio. Tenho o controle da localização de minhas duas irmãs por um aplicativo por questões de segurança, mas Luana jamais admitiria que eu colocasse um chip nela.”

Segundo o empresário, a Luana Risério teria se divertido com a história. “Temos uma relação de confiança. Ela me ligou brincando que eu devia a ela R$ 30 mil reais, o valor do chip.”