Rapper pede teste de virgindade anual para a filha e enfurece a web

Prática já foi considerada pela ONU uma forma de discriminação de gênero e violação de direitos humanos

O Rapper T.I Harris pede testes de virgindade para a filha de 18 anos

O Rapper T.I Harris pede testes de virgindade para a filha de 18 anos

reprodução

O rapper americano T.I, famoso por parcerias com cantoras como Rihanna e Iggy Azalea, causou o maior alvoroço nas redes sociais após revelar, durante o podcast Ladies Like Us, uma tradição um tanto controversa com sua filha Deyjah Harris, de 17 anos: a realização de um teste de virgindade anual. 

E a polêmica não para por aí. Deyjah ainda teria assinado um termo de consentimento para que os profissionais que realizam os exames pudessem compartilhar suas informações médicas com T.I 

Veja também: Os polêmicos testes de virgindade para jovens mulheres no Afeganistão

“Então eu digo:“Olha, ela não anda a cavalo, não anda de bicicleta, não pratica esportes. Basta verificar o hímen, por favor, e devolver meus resultados rapidamente ”, disse ele ao podcast. 

"Eu direi que, a partir de seu aniversário de 18 anos, seu hímen ainda está intacto."

Realizado em pelo menos 20 países, o teste de virgindade já foi consierado pela ONU uma forma de discriminação de gênero e violação de direitos humanos. 

Iggy Azalea se manifesta sobre T.I: "Precisa de terapia"

Iggy Azalea se manifesta sobre T.I: "Precisa de terapia"

Nação da Música - Música

O caso rapidamente repercutiu na web e a cantroa Iggy Azalea se manifestou via Twitter.

"Eu realmente gostaria que as mulheres que o entrevistaram tivessem dito algo a ele", escreveu ela, referindo-se ao podcast Ladies Like Us. Ela continuou dizendo: "Ele tem sérios problemas de controle com as mulheres em todos os aspectos de sua vida e precisa de terapia"

Nos Estados Unidos, a comunidade médica  se manifestou em relação ao caso. 

A Dra. Jennifer Gunter, do OB / GYN, disse: “O hímen não significa nada fisicamente e os exames de hímen não são medicamente nada e são desnecessários. E apoiar um tropo patriarcal nojento.

Russa é presa após vender virgindade de filha menor de idade