China: com tutores em quarentena, animais sofrem sem comida em casa

Mais de 185 mil pessoas foram impedidas de voltar para casa. Bichos estão sozinhos há quase duas semanas

Bichos sofrem "abandono" durante epidemia de coronavírus

Bichos sofrem "abandono" durante epidemia de coronavírus

Pixabay

A quarentena que tomou conta da cidade chinesa de Wuhan, a primeira a registrar o surgimento do coronavírus, está causando sofrimento também aos animais de estimação. Após mais de 180 mil pessoas ficarem impedidas de voltar para casa, cães e gatos estão sozinhos, sem comida.

Muitos estavam viajando no feriado quando a epidemia ecoldiu, e a cidade foi isolada pelas autoridades.

Pelas redes sociais, moradores pedem a colaboração de vizinhos ou qualquer pessoa que esteja na região. "Por favor, ajude a alimentar meu gato!", escreveu um usuário no Weibo.

Uma hashtag foi criada para reunir 'exilados' e voluntários dispostos a cuidar dos pets: "Salve os Animais de Estimação deixados em Wuhan".

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou em sua conta que "não há evidências de que cães, gatos ou outros animais de estimação possam adquirir o novo coronavírus".