Empresa cria ração humana para delivery

Startup americana teve uma ideia brilhante, só que não. A empresa resolveu aglutinar nutrientes em quadrados insossos e chamar isso de refeição. Conheça a pseudo-comida que mais parece ração humana.

  • É de comer | Camé Moraes

Resumindo a Notícia

  • Empresa quer substituir comida de verdade por quadrados comestíveis
  • Startup faz delivery de ração humana
  • Comida saudável? Refeições completas que mais parecem comida de astronauta
  • A comida pra quem não gosta de comer
Quadrados comestíveis foram pensados pra substituir refeições

Quadrados comestíveis foram pensados pra substituir refeições

Squareat

Pegue tudo o que você já leu sobre alimentação saudável, sustentável e conexão com a comida. Agora jogue no lixo. É basicamente isso que a startup americana SQUAREAT (a melhor tradução seria: quadrados comestíveis) sugere para o futuro da alimentação.
A empresa diz que seleciona alimentos saudáveis (tubérculos, verduras, ervas e proteína de origem animal, como peito de frango) e transforma todos esses ingredientes no que seria uma alimentação deliciosa. Seria...  O prato em questão se transforma em quadrados  comestíveis “fáceis” e práticos para o dia a dia. No vídeo explicativo da marca, um rapaz marombado pega as caixas de papelão com design moderno, abre e mostra incríveis quatro quadrados em cores insossas: branco, verde- verdura-velha, um amarelo-mandioquinha e um marrom cor-de-caldo-de-carne. Tudo bem durinho, condensado, embalado a vácuo e com validade para 3 semanas. Ah, sem conservantes, claro (afinal, nem um bactéria ou fungo vai se interessas pela gororoba). Ainda no vídeo, o rapaz corta os plásticos e coloca os quatro quadradinhos, que têm o tamanho de um biscoito recheado, no micro-ondas. Esquenta e depois dá uma leve tostadinha nas peças em uma frigideira com uma GOTA de azeite. E voilà. Sua refeição diária nutritiva e deliciosa está pronta.

As fotos abaixo mostram bem o que os jovens empresários, que já trabalharam em várias companhias do ramo alimentício, pensam para o “futuro da gastronomia”. Pasme, a startup já arrebanhou uma boa grana de fundos de investidores nos EUA (pouco mais de meio milhão de reais).

Segundo a empresa, esse é um robalo com abobrinhas e aspargos

Segundo a empresa, esse é um robalo com abobrinhas e aspargos

Squareat

A Squareat se apresenta assim: Uma Foodtech revolucionária, com produtos deliciosos, inovadores e prontos para consumo. YUMMMMIII! E tem planos mensais para consumidores de acordo com os objetivos buscados na alimentação diária (certamente o prazer em comer está fora desses objetivos).  Com entrega em casa, o cliente pode escolher entre boxes que variam de 5,50 dólares (o equivalente hoje a pouco mais de 28 reais) até 7,99 (equivalente a 42 reais). São sempre 4 quadrados por refeição (há porções maiores para os famintos com, UAU, seis quadrados). O box mediterrâneo, por exemplo, tem porções com sabor de robalo, aspargos e abobrinha. 224 kcal por refeição e cerca de 21g de proteína. Tente sobreviver com isso.
Enfim, a revolta desse blog é porque, claro, se existe a empresa, existe público pra isso. Por que as pessoas estão se sujeitando a ingerir esse tipo de alimento? Algo que lembra a tal ração humana que um certo prefeito quis emplacar em creches paulistas há pouco tempo e que foi alvo de revolta popular (com razão). Se estivéssemos em tempos de apocalipse, no espaço ou fechados em bunkers pós-guerra, vá lá. É tão ruim assim sentar à mesa e apreciar um bom prato?

Startup americana faz delivery e planos alimentares com a "comida"

Startup americana faz delivery e planos alimentares com a "comida"

Divulgação
Tabela nutricional da comida

Tabela nutricional da comida

Squareat

Os “quadrados comestíveis” não chegaram ao Brasil ainda, mas antes que cheguem, é melhor criar hábitos e tentar explorar o que já temos em termos de praticidade e sustentabilidade, por aqui. Hoje, nas grandes cidades é possível receber na porta de casa, com apenas um clique, refeições e ingredientes saudáveis. E, com um pouco de tempo e disposição na cozinha, prepará-los. Nem que seja pra esquentar em uma panela com água.

Plataformas reúnem alimentos sem antibióticos, hormônios, conservantes e com produção ecologicamente correta e fazem o delivery com produtos já porcionados – embalados individualmente como os tais quadrados gringos -  só que com comida de verdade. Proteína animal e vegetais de qualidade, que podem ser comprados sem grande esforço. Algumas empresas já criam kits para dezenas de refeições diferenciadas, tudo pro clientes não ter que pensar no que vai comer segunda, terça, quarta....

Sugiro aqui alguns deliveries de comida sustentável que testei recentemente e que entregam  um ou dois dias após o pagamento:
Natural Meat: Fundada pelos sócios Tito Livio Capobianco Jr e Fabrício Ribeiro, que antes trabalhavam na produção de pescados, a empresa faz delivery de peixes, frango, carne e frutos do mar congelados em casa. Tudo vem separado em porções pequenas -  dá pra preparar uma refeição individual ou um almoço pra família. Para quem não quer ter o trabalho de fazer conta, o site oferece kit prontos, como o kit Casal Natural -  que entrega o equivalente a 27 porções de proteína, para 2 pessoas. Preparei recentemente as carnes e os peixes da Natural Meat e todos vieram em excelente qualidade.

Beef Passion: para os carnívoros com um pouco mais de dinheiro para desembolsar, a Beef Passion entrega, em casa, carnes ecologicamente corretas -  com os mais variados cortes (a porção de músculo custa cerca de R$17, enquanto a bisteca Fiorentina: R$650). Tudo porcionado e pronto para um churrasco. A marca recebeu o certificado internacional da Rainforest Alliance, em 2015, e foi a primeira empresa de carne bovina brasileira 100% sustentável.

Raizs Orgânicos e Livup: as duas plataformas aumentaram o portfólio recentemente e agora oferecem delivery também de produtos de açougue e laticínios sustentáveis (além dos já tradicionais itens de hortifrúti e mercearia). Também trabalham com produtos orgânicos e ou sustentáveis da Korin e da Wessel.  Para quem não quiser ter trabalho de cozinhar, os sites oferecem refeições prontas congeladas.

Quer saber mais sobre alimentação sustentável, saudável, ou simplesmente dicas de comida boa de verdade? Me segue lá no meu insta, o @ehdecomer

Últimas