Pais do bebê sem rosto dão exemplo de amor incondicional 

Surpreendidos pela malformação da criança, que nasceu sem olhos, nariz e parte do crânio, casal enfrentou com afeto a chegada do filho

Casal revela a força que tem o amor de pai e mãe

Casal revela a força que tem o amor de pai e mãe

Reprodução

A expectativa da chegada de um filho é sempre um turbilhão de emoções, medos, inseguranças e questionamentos. "Será que eu vou dar conta?", se perguntam muitas mães na reta final de uma gestação.

Obstetra é suspenso após bebê nascer sem rosto em Portugal

Imagine, então, ser surpreendida após o parto com a notícia arrasadora de que seu filho é portador de uma malformação grave, que ele nasceu sem olhos, nariz e parte do crânio, e que, apesar de você ter feito o pré-natal, o obstetra que acompanhou a gestação não observou a anomalia? 

Nascimento de bebê sem rosto gera escândalo de negligência médica

Foi exatamente o que ocorreu com os pais do menino Rodrigo, nascido em um hospital na cidade de Setúbal, em Portugal, no dia 7 de outubro. O caso virou um escândalo de negligência médica, o obstetra foi suspenso, mas o bebê, a despeito das previsões de que teria poucas horas de vida, está prestes a completar um mês de vida. 

Pais mostram bebê que nasceu sem rosto em Portugal

Os pais compartilharam, no sábado (2), uma imagem de Rodrigo (com um emoji no lugar do rosto, para peservar o recém-nascido). Segundo eles, o bebê já consegue respirar e mamar sozinho. 

Ter filho qualquer um pode ter. Mas ser pai e mãe é isso. Amar esse ser que veio formar a família independentemente das condições em que chegou. Ainda mais frágil do que seria sem a malformação, Rodrigo exige uma atenção redobrada.

O que os pais dele nos mostram é o extrato mais puro do amor parental. É essa entrega absoluta e inquestionável. Que possamos todos aprender com eles a dar o devido valor à chance que temos de ser pais e mães. E que a gente não desperdice essa vivência, dure o tempo que for.