Lifestyle Noiva tira fotos nos trilhos do trem e leva bronca do maquinista

Noiva tira fotos nos trilhos do trem e leva bronca do maquinista

"Plano estúpido", disse o operador responsável pela linha, que expôs um casal que estava fazendo um ensaio fotográfico em local inapropriado 

Noiva resolveu fazer ensaio fotográfico nos trillhos do trem

Noiva resolveu fazer ensaio fotográfico nos trillhos do trem

Reprodução/Fox News

Lá vem a noiva, toda vestida de branco. E veja, há um trem atrás dela. Literalmente.

Os operadores de uma grande rede de infraestrutura ferroviária no Reino Unido estão envergonhando publicamente uma noiva e um noivo que posaram para fotos de casamento em seus trilhos, descrevendo suas ações como "pura estupidez".

A Network Rail, que possui e opera 32.000 km de trilhos e administra 20 das maiores estações de trem do Reino Unido, fez o alerta na segunda-feira (19), em um comunicado à imprensa, sobre aumentos significativos nos casos de invasão de trilhos.

“Números recém-divulgados da Network Rail e da British Transport Police mostram que houve 5.100 incidentes de invasão durante os meses de verão, com o número total de incidentes registrados em setembro de 2020, 1.239 - o pior registrado naquele mês nos últimos cinco anos”, diz o comunicado.

A Network Rail responsabiliza parcialmente o abrandamento dos bloqueios como a causa, observando um aumento nos casos em agosto e setembro - o primeiro aumento observado em três anos para aqueles meses específicos. Mais especificamente, a Network Rail afirma que os adultos constituem a maior parte dos infratores, provavelmente graças a uma campanha “You vs. Train” lançada em 2018, alertando os cidadãos mais jovens sobre os perigos da invasão.

A Network Rail também divulgou fotos de recentes incidentes de invasão, incluindo a foto da noiva e do noivo posando nos trilhos, bem como a foto de um fotógrafo instalando equipamento de iluminação perto de uma ferrovia no País de Gales.

“A ferrovia não é um local apropriado ou seguro para um ensaio fotográfico, não importa o quão cênico seja o cenário”, disse Alison Evans, superintendente da Polícia de Transporte Britânica.

"Cada vez que alguém entra na rede ferroviária, não está apenas se colocando em risco de sofrer ferimentos graves e com risco de vida, mas também atrasando viagens essenciais. Os trens de passageiros e de carga ainda usam a ferrovia 24 horas por dia, 7 dias por semana, fornecendo os serviços necessários de transporte de pessoas e mercadorias. Por favor, fique fora da pista."

Allan Spence, o chefe de Passageiros e Segurança Pública da Network Rail, foi mais direto: “Fotos de casamento ou selfies na pista são simplesmente estupidez”.

Casal se arrisca ao fazer fotos de comemoração em penhasco

Últimas