Moda Filha de Carlos Alberto de Nóbrega lança marca de roupa na pandemia

Filha de Carlos Alberto de Nóbrega lança marca de roupa na pandemia

Mafe Nóbrega tomou coragem para realizar seu sonho de infância, ao lado da amiga e, agora sócia, Malu

  • Moda | Brenda Marques, do R7

Mafe e Malu no lançamento da nova coleção de roupas, no Rio de Janeiro

Mafe e Malu no lançamento da nova coleção de roupas, no Rio de Janeiro

Reprodução/Instagram

Em meio à pandemia de Covid-19, Mafe Nóbrega, filha de Carlos Alberto de Nóbrega e Andréa Nóbrega, tomou coragem e deu o primeiro passo rumo à realização de um sonho que ela tinha desde a infância — e conseguiu realizar com apenas 20 anos.

"Era uma coisa que eu queria muito. Desde quando eu tinha 6 anos, já falava pra minha família que queria ter uma marca de roupas", conta Maria Fernanda, atualmente com 21 anos. "E aí, no meio da pandemia, eu falei com a minha sócia, a Malu. Ela já tinha uma marca pequena que estava fechando e a mãe dela trabalha com moda. Então, a gente resolveu se unir", completa.

Assim, Maria Fernanda e Maria Luiza, de 24 anos, fundaram a AMO EMME. Mafe destaca que a escolha do nome foi feita "depois de muito estudo" — uma atitude que elas adotam antes de tomar qualquer decisão envolvendo a marca  — e com o apoio de profissionais.

"A gente queria muito que a letra M estivesse presente. Contratamos uma equipe de marketing e eles ajudaram muito na criação do nome e na identidade visual da marca", relata.

Por enquanto, elas trabalham apenas com coleções-cápsulas. Como o próprio nome sugere, essa modalidade tem uma quantidade de peças menor que a de uma linha tradicional. No embalo das tendências alavancadas pela pandemia, o primeiro lançamento foi de moletons e aconteceu em outubro do ano passado. O objetivo foi produzir peças versáteis, que servissem tanto para sair como para ficar em casa.

"Na hora, eu fiquei com pé atrás. Mas assim que lançamos, nosso site caiu. Teve muito acesso e passamos o dia todo resolvendo isso", relembra Mafe, orgulhosa. "Antes de lançar a coleção, a gente faz todo um estudo de cores que são tendência e o nosso diferencial são sempre as mangas 'diferentonas'", acrescenta.

Com base nas ideias e inspirações das sócias — que têm como base os próprios estilos — a mãe de Malu, Márcia, faz os esboços de todas criações da marca. Depois, eles são enviados para uma outra pessoa, responsável pelo croqui. Por fim, o desenho precisa passar pela aprovação das jovens antes de se tornarem roupas.

"A gente gosta de estar a par de tudo o que acontece, desde um probleminha até a divulgação do produto final", afirma Mafe. Ela e Malu também são modelos da própria marca. "A gente ama dar nossa identidade para a campanha. Os dias de fotos são os mais corridos, mas são os que eu mais amo. Eu amo fotografar, mas também amo produzir [as fotos]", completa.

No final do mês passado, a marca lançou a linha sunflower (girassol em inglês), com roupas para o verão. "Essa coleção está muito mais romântica e a inspiração foi mais o meu estilo. Eu sentia muita falta de peças um pouco mais femininas", conta Mafe. 

"A Malu tem um estilo mais streetwear (moda de rua, mais casual) e a gente consegue usar a mesma roupa com estilos diferentes. Esses dias usamos o mesmo vestido, eu com salto e ela com tênis", acrescenta.

Antes de se arriscar no mundo da moda, a jovem cursava administração e já fazia sucesso nas redes sociais como influenciadora digital. O perfil de Mafe no Instagram tem mais de 805 mil seguidores. Mas para o futuro, ela quer continuar investindo no seu sonho.

"Pretendo fazer isso para sempre. Eu amo ver as pessoas usando a minha marca. Esses dias, eu estava no TikTok e vi uma menina usando um top que eu sabia que era de lá. Fui ver, e ela só seguia a marca, não conhecia eu e a Malu. É isso que eu quero, que a marca cresça por ela mesma", comenta, animada.

Ela garante que, para isso, não falta apoio de Carlos Alberto e de Andréa. "Meu pai é meu psicólogo, ele me ajuda em tudo. Ele tentou comprar um moletom, mas não serviu, só que ele presenteou várias pessoas no Natal com as roupas. E minha mãe ajuda demais na divulgação. Ela usa sempre [as peças] e posta [nas redes sociais]", conclui.

Últimas