Área de Mulher Salvatore Ferragamo – A história do fundador e da marca de luxo

Salvatore Ferragamo – A história do fundador e da marca de luxo

A Salvatore Ferragamo, empresa fundada pelo estilista de mesmo nome é hoje uma das maiores marcas de luxo do mundo. Conheça sua história. Essa matéria Salvatore Ferragamo – A história do fundador e da marca de luxo foi criada pelo site Área de Mulher.

Area de Mulher

Salvatore Ferragamo foi um designer de sapatos italianos, fundador de uma das maiores marcas de luxo do mundo, que leva o seu nome. Sendo assim, quando se fala em moda italiana, é impossível não citar o nome de Ferragamo, que fez história no mundo da moda. Desse modo, ele criou sapatos icônicos, lançou tendências e calçou algumas das maiores estrelas de Hollywood da década de 1920.

Prova do impacto de Salvatore Ferragamo na moda, é que mesmo hoje, mais de 60 anos depois da sua morte, a sua marca continua como uma das mais aclamadas do mundo. A sua linhagem fez questão de dar continuidade ao legado e sonho do estilista, de produzir produtos com excelência e elegância.

Atualmente, a marca Salvatore Ferragamo, além dos clássicos sapatos, também atua no seguimento de acessórios e perfumes de luxo, seguindo sempre o padrão estabelecido pelo fundador da marca.

Portanto, hoje iremos conhecer um pouco mais sobre a história de Salvatore Ferragamo e a fundação da sua marca.

A história de Salvatore Ferragamo

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Etiqueta Única

Salvatore Ferragamo nasceu no dia 5 de junho de 1898, em uma vila rural chamada Bonito, em Florença, na Itália. O garoto cresceu em um ambiente rural, mas mesmo assim demonstrou talento e interesse para criar coisas, a sua verdadeira vocação.

Então, anos nove anos de idade, o pequeno Salvatore fez o seu primeiro sapato. A motivação veio depois de ver uma de suas irmãs chorando por não ter sapatos para usar na sua primeira comunhão. Sendo assim, o garoto fez um sapato para a irmão e nunca mais parou de criar.

Certo de sua paixão, o menino procurou formas de se aperfeiçoar, e aos 11 anos se mudou para Nápoles, para poder estudar mais sobre a arte da sapataria. Desse modo, se tornou aprendiz do sapateiro Luigi Festa, o seu mentor e mestre, que lhe ensinou as técnicas básicas da criação de calçados.

Assim, ele permaneceu por um ano depois decidiu voltar para a sua cidade natal para colocar em prática tudo o que aprendeu. Sendo assim, Salvatore Ferragamo abriu uma pequena sapataria na casa de seus pais, onde além de reparos, o menino confeccionava botas para os fazendeiros locais. Não demorou muito para ele começar a criar também calçados femininos, o que seria o seu principal foco dali para a frente.

Primeira loja de calçados de Salvatore Ferragamo

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Universo Retrô

Então, aos 14 anos, o jovem Salvatore já tinha em sua equipe seis assistentes, atendendo além dos moradores da cidade, clientes de cidades vizinhas. A partir disso, o garotou notou que poderia conquistar muito mais pessoas com o seu trabalho, e decidiu buscar crescimento em outro lugar. Foi então, em 1914, aos 16 anos que Ferragamo decidiu se mudar para os Estados Unidos para se juntar ao seu irmão, que trabalhava em um loja de botas americana.

Ao chegar em Boston, Ferragamo ficou decepcionado com a qualidade dos sapatos produzidos lá, o que se tornou um incentivo a mais para ele apostar no seu talento. Logo depois ele e o irmão se mudaram para Santa Bárbara, na Califórnia, mais especificamente em Hollywood.

Em meio aos principais estúdios de cinema, Ferragamo estava no lugar certo, e foi questão de tempo a sua pequena loja de confecção e reparos se tornasse um sucesso. Sendo assim, em 1923, Salvatore abriu a primeira loja em solo americano, a Hollywood Boot Shop, e passou a calçar as principais estrelas da época, como Marilyn Monroe, Sophia Loren, Carmen Miranda, Greta Garbo entre outras.

Desse modo, não por acaso Ferragamo passou a ser conhecido como o “sapateiro das estrelas” ou o “sapateiro dos sonhos”. Tudo isso devido a qualidade excepcional dos seus calçados produzidos a mão, que aliava criatividade nos modelos e materiais ao conforto e elegância.

Expansão dos negócios

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Fashion Bubbles

Contudo, apesar do sucesso de sua loja nos Estados Unidos, em 1927 Salvatore Ferragamo decidiu voltar para a Itália. Lá, ele começou a fabricar sapatos para as mulheres da elite italiana, como Eva Peron, Rainha de Cooch Behar e várias outros. Então, naquele ano ele fundou uma oficina em Via Mannelli, e começou a explorar novas ideias de design.

No começo da década de 40, o designer vivia uma de suas fases mais criativas e inovadoras. Foi nessa época que ele criou o icônico modelo de salto em cunho de cortiça. Logo em seguida, ele se tornou o proprietário de um grande prédio em Florença, o Palazzo Spini Feroni, onde abriu uma loja. Era o começo real da expansão dos seus negócios, a nível mundial, já que naquele mesmo ano,  Ferragamo abriu mais duas lojas, uma em Londres e outra em Roma.

A essa altura, a sua fama percorria toda a Europa, e sua loja em Florença se tornava assim um ponto de referência da alta costura, sendo o queridinho de várias celebridades internacionais.

O diferencial de Salvatore Ferragamo, além do conforto e elegância de seus sapatos, era o uso de materiais nada convencionais. Ele usava como matéria-prima, desde materiais luxuosos como peles exóticas, até mais baratas, como cortiça, celofane, palha, cânhamo e materiais sintéticos.

Modelos de sapatos icônicos

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Fashion Bubbles

Em 1947, Salvatore Ferragamo ganhou o primeiro prêmio importante de sua carreira, o “Prêmio Neiman Marcus”, pela sua criação, a “Sandália Invisível”. Essa que na época não agradou tanto as mulheres, mas hoje em dia é muito popular.

Já em 1951, ele fazia o seu primeiro desfile de moda em Florença, e lançava a “Kimo”, uma sandália com meia intercambiável. Logo em seguida, o designer criou um de seus modelos mais icônicos de todos os tempos, o sapato bailarina de camurça com alça. A criação foi feita sobre medida para a estrela de Hollywood, Audrey Hepburn. Obviamente, o sapato se tornou um sucesso, figurado com um clássico do guarda roupa feminino até os dias atuais.

Morte de Salvatore Ferragamo

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
NeoFeed

Até 1957, Salvatore Ferragamo já tinha desenhado cerca de 20 mil sapatos e patenteado pelo menos 340 modelos. No entanto, Salvatore veio a falecer do dia 7 de agosto de 1960, aos 62 anos de idade devido a um câncer. Contudo, apesar da morte do fundador e principal estilista da marca, a empresa continuou o legado de Ferragamo, agora administrado pela sua esposa, Wanda Ferragamo Miletti.

Após a sua morte, Salvatore tinha dois desejos, o primeiro era que seus filhos dessem continuidade aos seus negócios, e o segundo era que eles produzissem produtos além de sapatos. Então, a esposa e os filhos do estilista continuam com o seu sonho de expandir ainda mais a marca e deixar o nome na moda mundial.

Salvatore e Wanda tiveram ao todo seis filhos, e todos eles herdaram do pai o desejo pela perfeição. Sendo assim, seguiram o o conceito do artista, mantendo a produção artesanal e diversificando a atuação da marca. Hoje, a empresa ainda é administrada pelos filhos e netos do estilista, que fazem de tudo para manter o nível de perfeição que Ferragamo sonhava alcançar.

Sendo assim, a partir da década de 1960, a marca Salvatore Ferragamo começou a produzir também óculos, acessórios, bolsas, relógios, roupas e perfumes, e se tornou conhecida mundialmente não apenas pelos sapatos.

Legado de Salvatore Ferragamo

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Inexhibit

Depois da morte de Salvatore, em 1967 a sua filha, Fiamma di Dan Giuliano recebeu o “Prêmio Neiman Marcus”, o mesmo prêmio dado a seu pai duas décadas antes. E a sua marca continuou inovando e criando tendência, além de começar a produzir também roupas masculinas.

A partir de toda a história de sucesso do estilista, em 1995 foi inaugurando o Museu Salvatore Ferragamo, dedicado a contar a história da marca. Essa que se tornou um marco na indústria da moda internacional, e que mesmo hoje, mais de 60 anos desde a morte do estilista, continua mantendo o seu posto.

Sendo assim, o legado de Salvatore continua vivo como nunca, se mostrando tão relevante quanto quando começou a sua marca. Hoje, a grife está sobre o comando de Guillaume Meilland, que cuida cuida do setor masculino da marca, e Paul Andrew por trás da linha feminina.

Apesar de se adequar a coleções modernas e irreverentes, a identidade da marca, aquela que deu a Salvatore Ferragamo um lugar na história da moda, se mantém a mesma. Sendo assim, a Salvatore Ferragamo continua priorizando o estilo e a elegância, sem abrir mão do conforto.

Enfim, o que você achou dessa matéria? Aliás, aproveite para conferir também Louboutin – História de sucesso da grife de sapatos do solado vermelho.

Fontes: Por Dentro da Moda Farfetch Fashion Bubbles Etiqueta Única 

Imagens: First Classe Universo Retro Etiqueta Única Inexhibit NeoFeed Fashion BubblesEtiqueta Única 

Essa matéria Salvatore Ferragamo – A história do fundador e da marca de luxo foi criada pelo site Área de Mulher.

Últimas