Lifestyle Metade dos jovens afirma sentir pressão para ter relacionamento

Metade dos jovens afirma sentir pressão para ter relacionamento

Pesquisa foi realizada com os usuários brasileiros da plataforma Yubo, que é focada na geração Z, nascidos entre 1995 e 2010

Pesquisa foi feita com 5200 usuários da plataforma e resultados surpreenderam

Pesquisa foi feita com 5200 usuários da plataforma e resultados surpreenderam

Reprodução/Pexels

É crescente o números de discursos acerca de temas que remetem à autoestima, aceitação corporal e amor próprio, o que demarca bem as lutas e interesses da chamada geração Z, os nascidos entre 1995 e 2010.

No entanto, uma pesquisa feita com mais de 5.200 jovens usuários da plataforma social Yubo trouxe um resultado inesperado: 50% dos participantes afirmaram sentir pressão social para ter (e manter) um relacionamento afetivo. 

Apesar da onda de debates positivos que fomentam a autossuficiência, observa-se que a Geração Z tem medo de ficar sozinha: 21% afirmam que essa pressão vem das redes sociais, 22% da família e 40% de uma cobrança interna. E ainda piora: 86% dos jovens responderam se importar mais com a opinião dos outros do que com as suas próprias.

Amor próprio é prioridade

Ao mesmo tempo, essa geração entende que se dedicar a si mesmo primeiro e desenvolver o amor próprio é uma prioridade. Mais de 52% dos entrevistados consideraram o relacionamento com eles mesmos o mais importante à frente da família (27%), amigos (11%), e "crushs" (paqueras) (4%). 

A jovem Ana Hilário, de 18 anos, contou que costumava ser “desesperada por aceitação das pessoas."

"Eu dependia do elogio de alguém pra me sentir bem”, conta ela. Com o tempo, a jovem foi entendendo que o que importa é a própria opinião. “Eu vi muitas pessoas se aceitando, muitas pessoas se amando do jeito que elas eram, então por que eu não poderia também?”, questiona.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Luciana Mastrorosa

Últimas