Gru, Sirigueijo, Sr. Burns: descubra que tipo de chefe é o seu

Especialista dá dicas de como se relacionar com os diferentes tipos de líderes que você encontrará em sua vida profissional

Saiba como reconhecer - e lidar - com os diferentes tipos de líderes em empresas

Saiba como reconhecer - e lidar - com os diferentes tipos de líderes em empresas

reprodução

Se você está tendo problemas para lidar com aquele chefe difícil, é possível que você não tenha identificado com que tipo de ‘personagem’ está lidando. É o que explica Barbara Tobar, team leader de sucesso do cliente da plataforma de recrutamento Revelo.

“Da mesma maneira que os recrutadores identificam diferentes tipos de funcionários, os funcionários também podem identificar seus líderes pelas maneiras de agir na convivência do dia a dia e aprender a lidar com eles.”

Descubra, a seguir, que tipo de personagem é o seu chefe e como lidar com ele.

J. J. Jameson (Homem-Aranha)

JJ Jameson: incisivo e conflitivo, quer fotos do Homem Aranha a todo custo

JJ Jameson: incisivo e conflitivo, quer fotos do Homem Aranha a todo custo

reprodução

Dono do Clarim Diário, JJ Jameson é obcecado em conseguir fotos sensacionalistas do Homem-Aranha e não hesita em pressionar o jovem Peter Parker por resultados. Segundo Barbara, esse perfil de líder pode ser um pouco conflitivo e fazer cobranças incisivas independentemente de entender as atividades dos funcionários. Mas também pode ajudar o time a desenvolver pensamento crítico, resiliência e criatividade.

Como lidar: para este perfil, o importante é manter a comunicação calma, assertiva, e alinhar expectativas de quando as metas serão cumpridas;

Mr. Burns (Os Simpsons)

Sr Burns: centralizador, é adequado para uma equipe mais inexperiente

Sr Burns: centralizador, é adequado para uma equipe mais inexperiente

reprodução

O dono da Usina Nuclear de Springfield e chefe do Homer Simpson adora centralizar decisões. Para Barbara Tobar, “este tipo de perfil é mais interessante para um time de baixa maturidade profissional”.

“Ele já vem com um processo fechado e um passo a passo a ser seguido, de forma que o funcionário consegue resolver as tarefas sem grandes problemas. ”

Os problemas, no entanto, tendem a acontecer com funcionários mais maduros que não precisam de tanta orientação .

Como lidar: esteja pronto para obedecer algumas regras, mas mostre liderança e uma atitude respeitosa ao perfil dele.

Gru – Meu Malvado Favorito

Gru: queridinho das empresas, tem o perfil mais engajador

Gru: queridinho das empresas, tem o perfil mais engajador

reprodução

Este é o queridinho das empresas. Carismático, o vilão de Meu Malvado Favorito é capaz de engajar seus minions em todas as suas empreitadas. Segundo a team leader, este é o perfil mais fácil de lidar, com a ressalva de que pode perder a capacidade de decisão a curto prazo, já que quer que todos se sintam parte dos projetos.

Como lidar: a palavra aqui é engajamento. Mostrar-se criativo e expressar exatamente quais responsabilidades quer tomar no projeto é a chave do sucesso no relacionamento com esse líder.

Sr. Spaceley – Os Jetsons

Sr. Spaceley: confunde barreira pessoal e profissional, pode ser o mais difícil de lidar

Sr. Spaceley: confunde barreira pessoal e profissional, pode ser o mais difícil de lidar

reprodução

O presidente da empresa na qual George Jetson trabalha pode ser o perfil mais difícil de lidar, pois pode ser invasivo em relação à vida pessoal do funcionário.
“Ele pode criar um ambiente desequilibrado e desconfiança”, explica Barbara. “No entanto, esse perfil ajuda o time a desenvolver adaptabilidade e criar uma relação melhor com as outras equipes.”

Como lidar: com esse perfil, o melhor a fazer é se adequar às principais demandas do chefe, mas estabelecer algumas barreiras entre vida pessoal e profissional.

Sirigueijo – Bob Esponja

Sirigueijo: foco no resultado é o lema deste personagem

Sirigueijo: foco no resultado é o lema deste personagem

reprodução

Para o dono do restaurante Siri Cascudo, o único resultado possível é o dinheiro. Os líderes com este perfil tendem a ser bastante focados em alta performance, o que pode criar um ambiente competitivo, mas com um time ágil.

Como lidar: para manter a competitividade do time em um nível saudável, Bárbara explica que a chave é fortalecer o senso de equipe dentro do time.