Filhos Papai Noel virtual mantém tradição natalina durante a pandemia

Papai Noel virtual mantém tradição natalina durante a pandemia

A covid-19 mudou também o contato com o bom velhinho. Painéis digitais e aplicativos de mensagens servem de alternativa para a interação com crianças

Crianças vão garantir a foto com o bom velhinho através de um totem

Crianças vão garantir a foto com o bom velhinho através de um totem

Reprodução/Freepik

Em um ano atípico de pandemia, a relação com o Papai Noel também precisou ser reinventada. Para evitar o contato direto e a possível transmissão do coronavírus, estabelecimentos comerciais pensaram em alternativas seguras para que as crianças não ficassem sem a tão aguardada foto com o bom velhinho.

As decorações luxuosas e as longas filas deram espaço aos painéis digitais e aplicativos de mensagens. Devidamente isolado e protegido, o Papai Noel agora fica em uma sala e as interações acontecem por chamada de vídeo.

O totem em realidade aumentada garante o bate-papo e os pedidos de presentes. E possível escolher brincadeiras e personalizar as vestimentas para deixar o encontro - quase físico - mais divertido. O momento pode ser registrado por foto e a criança leva a lembrança impressa.

Queridinho dos brasileiros, o WhatsApp também virou o meio de comunicação com o Polo Norte. Um shopping da capital paulista disponibilizou um número exclusivo para os pedidos especiais, basta enviar a mensagem que o velhinho responde por áudio.

Com os totens, as fotos das crianças com o Papai Noel ganham uma nova cara

Com os totens, as fotos das crianças com o Papai Noel ganham uma nova cara

Divulgação/MorumbiShopping

Um tour pela casa do bom velhinho

Em um ano em que a regra foi ficar em casa, o Papai Noel e sua família também não ficaram de fora. Alguns estabelecimentos foram mais além na tecnologia e permitiram um tour pelo lar do velhinho, como uma câmera escondida.

Em tempo real, os curiosos acompanham a rotina dos bastidores: cozinhando, fazendo ginástica na sala, respondendo mensagens no celular e até conferindo os pedidos na fábrica de brinquedos.

Últimas