Filhos Mãe leva bebê a casamento que proibia crianças e causa atrito com noivos e familiares

Mãe leva bebê a casamento que proibia crianças e causa atrito com noivos e familiares

Apesar de ter respondido o convite e avisado os noivos de suas intenções, sua tia a chamou para conversar depois da cerimônia e ficou bastante irritada com sua atitude

Mãe não se sentiu segura de deixar seu filho com babá e o levou junto ao casamento da prima

Mãe não se sentiu segura de deixar seu filho com babá e o levou junto ao casamento da prima

Reprodução/Pexels

Uma mulher foi convidada ao casamento de seu primo, mas o convite trazia uma regra: crianças eram proibidas na celebração. Insegura de deixar seu bebê de 10 meses com uma babá, ela decidiu ignorar a restrição e levar o filhote mesmo assim. Porém, a recepção dos familiares não foi das melhores.

De acordo com o relato da mãe no Reddit, segundo informações do tabloide The Mirror, sua tia e seus primos ficaram revoltados com sua atitude.

A mulher, que preferiu não se identificar, afirmou que, por ter levado seu bebê à festa, acabou se deparando com um drama que ela não esperava. Isso tudo por que apenas as sobrinhas e sobrinhos pequenos da noiva poderiam participar da festa, que excluiu as crianças de outras pessoas. A justificativa, segundo os noivos, era o "espaço limitado" da celebração. Dessa forma, todos os outros convidados com filhos optaram por deixar as crianças com babás.

Sem resposta

Prevendo que os noivos poderiam ficar chateados com sua atitude, a mãe respondeu ao convite informando que levaria seu bebê e que não era preciso deixar espaço na mesa para ele, pois ficaria em seu colo o tempo todo. Além disso, ela avisou que providenciaria também a comidinha da criança, para não causar preocupações extras ao casal.

Como seu primo não falou nada sobre a resposta dela, a mulher entendeu que ficaria tudo bem. Mas, depois da cerimônia, as coisas acabaram saindo do controle. "Meu bebê chorou durante o casamento, mas eu rapidamente o levei para fora da sala. Na festa, eu fiquei com ele no colo o tempo todo. Ele não fez muita bagunça e pensei que tudo estivesse ok", disse ela.

"Após o casamento, minha tia, mãe do meu primo, veio me questionar sobre minha decisão de levar meu filho ao casório e me disse que eu tinha sido muito grosseira de trazer meu bebê sem permissão dos noivos", contou.

"Então, expliquei que eu tinha escrito na resposta ao convite que eu levaria o bebê e que tudo já tinha sido planejado para não dar trabalho a ninguém. E que, como meu primo não tinha dito nada, achei que fosse ok. Mas ela me falou que os noivos ficaram, sim, chateados com minha decisão, mas que a noiva não quis causar polêmica porque não me conhecia tão bem", explicou.

De acordo com a mãe, que postou o relato com o pseudônimo u/babyweddingthrowaway, a tia dela não gostou nada dessa história e disse que ela deveria ter deixado o bebê em casa com uma babá, assim como outra prima tinha feito com seu bebê de 7 meses.

Internautas criticam a atitude

"Alguns dos meus primos ficaram chateados porque eles imaginaram que eu tinha sido beneficiada de alguma forma e as crianças deles tinham sido excluídas. Realmente, eu nunca quis provocar esse drama todo", lamentou a mãe.

Apesar de suas boas intenções, diversos usuários do Reddit comentaram a postagem da mulher e a criticaram por ter desrespeitado as regras do casamento alheio.

"Você não tem o direito de simplesmente levar um convidado se isso não foi o combinado. Especialmente um bebê, numa festa em que crianças foram proibidas. Seu filho acabou atrapalhando um pouco a cerimônia antes de você tirá-lo da sala, e é justamente isso que os noivos queriam evitar", disse um internauta.

"Sua atitude desrespeitou os noivos, violou os desejos deles e ainda tumultuou a cerimônia. Foi uma atitude bem ruim da sua parte. Se você não conseguia confiar em uma babá de qualidade, seria melhor ter ficado em casa."

Últimas