Drew Barrymore chorou todos os dias ao tentar educar filhas em casa

"Foi o papel mais difícil que já tive na minha vida: ser professora, mãe, disciplinadora, cuidadora", revelou a atriz em entrevista para a TV americana

Drew revelou suas dificuldades com as filhas

Drew revelou suas dificuldades com as filhas

Reprodução/Vídeo

Drew Barrymore revelou que "chorou todos os dias" enquanto tentava educar as filhas em casa durante a pandemia de coronavírus.

Mãe de Olive, de 7 anos, e Frankie, de 5, a estrela de 45 anos revelou a Savannah Guthrie, no Today Show, que foi um desafio equilibrar disciplina e educação com as meninas em casa. 

"Chorei todos os dias, o dia todo", disse ela sobre a experiência. Drew, que compartilha suas filhas com o ex-marido Will Kopelman, acrescentou: "Eu não achava que precisava respeitar e apreciar os professores tanto quanto agora".

Depois de alguns dias passando por dificuldades com suas filhas, Barrymore começou a pegar o jeito. "Você encontra o seu caminho. Somos resilientes, pessoal!". Drew confessou que este tem sido o papel mais difícil de desempenhar. "É o mais confuso que já tive na minha vida: ser professora, mãe, disciplinadora, cuidadora."

Das dificuldades que todos estão enfrentado nesses tempos estranhos, quando todos são forçados a ficar em casa enquanto gerenciam várias responsabilidades,  escolher a felicidade a cada momento é a mais complicada.

Mas Barrymore foi enfática ao dizer que "a felicidade é uma guerra que você luta todos os dias" e que ela se considera alguém que "marcha no exército de otimismo!"