Filhos Agosto Dourado: Ministério da Saúde lança campanha e estimula amamentação

Agosto Dourado: Ministério da Saúde lança campanha e estimula amamentação

A amamentação previne doenças, reforça laços e cuida do futuro – saiba mais sobre o tema

  • Filhos | Do R7 Conteúdo e Marca

Ministério da Saúde cria nova campanha: “Apoiar a Amamentação é cuidar do futuro”

Ministério da Saúde cria nova campanha: “Apoiar a Amamentação é cuidar do futuro”

Divulgação/Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde, por meio da Coordenação Geral de Saúde Perinatal e Aleitamento Materno (CGPAM/DSMI/SAPS/MS), lançou na primeira semana de agosto uma campanha com foco na amamentação. Durante todo esse mês, conhecido como o “Agosto Dourado”, são realizadas ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. A cor dourada representa o padrão ouro da alimentação, o leite materno.

Considerado o alimento mais completo do mundo, o leite materno tem grande impacto na saúde das crianças e na redução da morbimortalidade infantil. Para os pequenos, ele diminui a ocorrência de infecções e fortalece o sistema imunológico. Já para as mães, pode reduzir as chances de desenvolver câncer de mama e de ovário. Profissionais de saúde apontam que os benefícios do leite materno têm impacto por toda a vida.

Justamente por isso, o leite materno é recomendado até os dois anos ou mais e deve ser o único alimento oferecido para bebês até os seis meses de vida. A partir do 6º mês, deve-se introduzir outros alimentos adequados e saudáveis, além do leite materno.

Muitos estudos mostram que a amamentação é capaz de reduzir em até 13% a morte de crianças com menos de cinco anos, por causas evitáveis. Estima-se que cerca de seis milhões de crianças sejam salvas a cada ano devido ao aleitamento materno. A OMS e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) relacionam o aumento das taxas de amamentação exclusiva até o sexto mês de vida com um menor índice de mortalidade infantil.

Com o tema “Apoiar a Amamentação é cuidar do futuro”, a campanha do Ministério da Saúde conscientiza a sociedade sobre a importância do aleitamento materno. A rede de apoio é fundamental para as mulheres em todo o processo da amamentação.

Familiares, companheiros, amigos e empregadores podem fazer a sua parte para contribuir com o sucesso do aleitamento materno. No caso das empresas, ainda é possível adotar medidas que ajudem as mulheres a continuarem amamentando até os dois anos de vida ou mais, seja ajustando a jornada de trabalho, implementando salas de apoio à amamentação, entre outras.

Vale lembrar que desde a gestação as mulheres também podem contar com o apoio de profissionais do Sistema Único de Saúde. O Ministério da Saúde ainda disponibiliza cursos e materiais desenvolvidos para tirar todas as dúvidas e estimular o aleitamento materno.

Para saber mais ligue para o Disque Saúde (136) ou clique aqui

Divulgação/Ministério da Saúde

Divulgação/Ministério da Saúde

Divulgação/Ministério da Saúde

Últimas