Dietas Em nova fase, Xuxa incentiva mudanças no estilo de vida 

Em nova fase, Xuxa incentiva mudanças no estilo de vida 

Recordista mundial e duas vezes medalhista olímpico, Fernando Scherer fala de meditação, alimentação saudável e de como superou a depressão

Em nova fase, ex-nadador Xuxa incentiva mudanças no estilo de vida

Xuxa tem uma rotina regrada

Xuxa tem uma rotina regrada

Divulgação

Fernando Scherer domou o ego do Xuxa. Uma vida dedicada aos treinos, às competições e à vitória molda um campeão, mas deixa sequelas emocionais.

"Quando parei de nadar não sabia quem era o Fernando. Eu conhecia o Xuxa, mas não sabia quem eu era", disse o nadador, ao participar do lançamento da nova identidade do programa 5S, método multidisciplinar para mudanças corporais, realizado em São Paulo. 

“Estive nos extremos, o de campeão e o da depressão”, contou. Hoje, Fernando vive uma rotina regrada que, garante, lhe dá muito prazer e felicidade. Preza pela qualidade de sono, pela meditação e por uma dieta livre de açúcar e carboidratos refinados. Treina todos os dias, entre musculação, aeróbico e yoga. E faz muito jejum. 

"Sempre que ia à casa da minha mãe, precisava enganá-la, pois ela queria que eu comesse tudo o que fazia. Muitas vezes, eu dizia que já tinha almoçado com os amigos", diverte-se. Mudar de vida foi um processo que o tirou do fundo do poço emocional. 

Fernando passou a estudar o comportamento humano por meio da neurociência e realizou diferentes treinamentos que o capacitaram como coach e palestrante.  E fala com conhecimento de causa sobre auto-respeito, autoestima, excesso de vaidade e amor próprio. "Quando vejo o ego de campeão aparecendo, me isolo, não deixo dominar. Quem se ama, não se julga. Quem se ama, se respeita". 

Luta contra a obesidade

A base da adoção de um novo estilo de vida passa, necessariamente, por esse processo de autoaceitação. Foi o que aconteceu também com Edivana Poltronieri, que criou o método 5S. Fisioterapeuta, ela transformou a experiência pessoal de emagrecimento em negócio.

Perdeu 24 quilos em três meses e buscou confirmar cientificamente a eficácia de seu método. Em parceria com o cardiologista Túlio Sperb, chegou a publicar na RBone, Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, artigo científico que atesta os resultados. 

"Não é sobre perder peso, é sobre ganhar vida. Temos no combate à obesidade nosso foco, mas não se trata só de comer direito. Há um apoio comportamental", explica Edivana. O método é aplicado por mais de 200 clínicas no Brasil, alcançando 40 mil pacientes.

Em breve, além de um aplicativo específico para acompanhamento, o 5S terá uma rede social específica para quem passa pelo processo. "Quando atingem as metas, as pessoas sentem falta do contato com outros participantes. O clube 5S suprirá essa demanda social", explica.