Dia Nacional do Livro infantil:  garanta o seu com até 50% de desconto

10 títulos para crianças de 0 a 12 anos, com histórias e atividades para desenvolver o hábito da leitura  desde pequeno

Veja clássicos da literatura brasileira e mundial, além de livros interativos para crianças de todas as idades.

Veja clássicos da literatura brasileira e mundial, além de livros interativos para crianças de todas as idades.

Pixabay/Reprodução

Hoje, 18 de abril, é comemorado o Dia Nacional do Livro Infantil. A data foi escolhida como forma de homenagear o escritor brasileiro Monteiro Lobato, considerado o pai da literatura infantil no Brasil e autor de dezenas de títulos, que compõem a série do Sítio do Picapau Amarelo.

Além de Monteiro Lobato, outros autores nacionais e internacionais possuem papel importante na literatura infantil, como José Mauro de Vasconcelos que escreveu "O Meu pé de Laranja Lima", o jornalista italiano Carlo Collodi criador de "As Aventuras de Pinóquio", Frank Baum de "O Mágico de OZ", entre outros. Confira alguns títulos para despertar o hábito da leitura e apresentar um mundo de possibilidades aos pequenos.

Com a linguagem dos clássicos, o Gigante Egoísta conta a história de um gigante que, em um ímpeto egoísta, resolve isolar seu jardim das crianças que o coloriam ao brincar por ali. A partir disso, sua vida fica triste e solitária, até que, sensibilizado por um menino misterioso, o gigante percebe que o caminho para sua própria felicidade está na generosidade e na partilha de seus dias.

Carros 3: Uma Nova geração é um livro interativo, de aventura, que vai prender a atenção dos meninos. Com ilustrações vibrantes, o livro traz um cenário gigante e 12 miniaturas de carros para a criança viver a história enquanto lê.

Do mesmo auto de viagem ao Centro da Terra, Júlio Verner Cinco semanas em um balão conta a aventura do Dr. Samuel Fergusson, um homem muito inteligente e perspicaz, que decide atravessar a África de leste a oeste, a bordo de um balão. Para isso ele terá a companhia de dois amigos. Juntos eles terão sua coragem  constantemente posta à prova, diante dos inúmeros perigos, de nativos aguerridos a animais ferozes nunca antes vistos por olhos europeus, passando por paisagens desoladoras e por outras fabulosas nunca vistas. 

O Monstro das Cores  fez uma bagunça com suas emoções e agora precisa desembolar tudo. Será capaz de por em ordem a alegria, a tristeza, a raiva, o medo e a calma? Escrito e ilustrado pela arte-terapeuta Anna Llenas, a história estimula as crianças a identificar as diferentes emoções que sentem, como alegria, tristeza, raiva, medo e calma, através de cores. 

O livro Frozen - Coleção 100 Páginas Para Colorir estimula a imaginação da criança, que viaja pela história de aventura da princesa Ana e seus amigos, em busca de sua irmã Elsa, a rainha do gelo. 

O menino desta história era muito parecido com todos os outros meninos. Só não era igual porque morava em um lugar diferente. Para conhecer O menino que morava no livro você precisar entrar nesse universo e descobrir o que há escondido nas histórias dos livros.

Qual criança não gosta de pintar? O livro 365 Desenhos Para Colorir  traz um personagens como Relâmpago McQueen, Matte, Woody, Buzz, Nemo, Dory, entre outros, para passar o ano inteiro colorindo. 

Que tal manter as crianças entretidas e aprendendo, enquanto trabalha em casa?   551 Atividades Turma da Monica tem caça-palavras, cruzadinha, labirinto, jogo dos sete erros, enigma, ligue os pontos e muito mais. 

Apesar de escrito e narrado por um adulto,  O pequeno príncipe é dedicado, desde as primeiras linhas, às crianças. O autor Antoine de Saint-Exupéry conta sobre uma delicada viagem ao "planeta infância", que aos poucos abandonamos, vivendo em prol das nossas vaidades, vícios, obrigações, números e demais coisas “sérias e importantes”.

Reinações de Narizinho é o primeiro de uma série de livros que abriria as porteiras do Sítio do Picapau Amarelo para os pequenos leitores do Brasil. Com seu universo único e encantador, as aventuras que Narizinho, Pedrinho, Emília e tantos outros personagens vivem nos arredores do Sítio e no Reino das Águas Claras marcaram a história da literatura brasileira.