Lifestyle Descubra qual é a principal causa das brigas por herança 

Descubra qual é a principal causa das brigas por herança 

Ganância ou falta de planejamento? Programa Fala Que Eu Te Escuto abordou o tema nesta sexta-feira

  • Lifestyle | Ana Carolina Cury, Do R7

Após a morte vem a dor do luto. Ao mesmo tempo, mesmo em meio a dor, quem ficou precisa resolver questões burocráticas como, por exemplo a herança deixada. Muitas pessoas brigam por conta desse dinheiro vivendo uma grande disputa familiar.

É o que está acontecendo com os filhos de Gugu Liberato, que morreu aos 60 anos, no final de 2019. João Augusto Liberato, de 19 anos, e Marina Liberato, de 17 anos, decidiram cortar relações por discordarem com decisões relacionadas à herança do pai.

Muitos laços familiares são rompidos por  brigas dos herdeiros pela divisão da herança

Muitos laços familiares são rompidos por brigas dos herdeiros pela divisão da herança

Skyneshe

A fortuna deixada pelo cantor Agnaldo Timóteo, que faleceu em abril deste ano, também causou polêmica.  Metade do dinheiro havia sido deixado para sua filha adotiva, Keyty, de 14 anos de idade, mas, como a adoção não foi formalizada quando ele ainda estava vivo., familiares tentaram anular a participação da jovem. Porém, eles não conseguiram e a justiça a reconheceu como herdeira. 

Falha ou egoísmo?

Diante deste cenário tão comum, o programa Fala Que Eu Te Escuto perguntou aos espectadores se quando uma família briga por herança o falecido errou de alguma forma ou o problema está na ganância dos que ficaram?

"É difícil apontar quem falhou. Realmente a ganância é algo presente, então, os herdeiros – que são pegos de surpresa com uma herança – não sabem como lidar com a situação. Já presenciei famílias se dissolverem por conta disso", afirmou a advogada Adriana Nicolino especialista em família e sucessões.

Fala Que Eu Te Escuto questionou os espectadores quais são os principais motivos para as brigas por herança

Fala Que Eu Te Escuto questionou os espectadores quais são os principais motivos para as brigas por herança

Divulgação

A especialista acrescentou que as pessoas precisam pensar no tema enquanto estão vivas. "O planejamento sucessório é essencial para organizar a transmissão da herança e evitar esse tipo de litígio".

O empresário Washington da Silva disse que pensa que a pessoa comete um grande erro em vida. "A pessoa precisa se posicionar e deixar claro para quem deseja destinar seus bens. Isso já evita muitos conflitos".

A bancária Tamara Alves contou que já presenciou conflitos por conta de herança. "É como se o brilho do dinheiro ou dos bens ofuscassem o entendimento dos familiares. Infelizmente, há casos de tragédias por conta dessa postura", observou.

Assim como ela, 91% dos espectadores disseram acreditar que o problema dessas disputas se dá por conta da ganância. "Os pais precisam ensinar que os valores materiais não são os mais importantes. Mas, por mais que alguém ensine, não há como garantir que o outro vai aprender", comentou o apresentador, Bispo Adilson Silva.

Para o também apresentador, pastor Guilherme Grando, é preciso valorizar a família. "Esse tipo de problema está cada vez mais recorrente, justamente porque não se investe mais na família, não há o ensino de valores é preciso se atentar a isso".

O programa Fala Que Eu Te Escuto é exibido de terça a sábado pela Record TV, a partir de 00h45. Quem se encontra em outros países pode assistir pela Record Internacional ou pelo Facebook.

Últimas