Desafio Tik Tok de lixar os dentes pode provocar doenças na gengiva

Especialista em ortodontia explica os riscos da nova "brincadeira" que se tornou febre entre os usuários da rede social

Desafio também pode provocar problemas estomacais

Desafio também pode provocar problemas estomacais

Reprodução/Tik Tok

Lixar a ponta dos dentes com uma lixa de unha é o novo desafio que tem ganhado cada vez mais adeptos entre os jovens que usam o Tik Tok. Na expectativa de corrigir os dentes desalinhados, os usuários da rede social se lançaram a um experiência que, ao invés de tornar o sorriso mais bonito, pode provocar sérios problemas para a saúde bucal.

Além do objeto não ser adequado para o uso na boca, a “brincadeira” pode causar ranhuras no esmalte do dente, o que fragiliza sua estrutura e permite o acúmulo de sujeira, de placa bacteriana, formação de cáries e doenças na gengiva. Mas estas são apenas algumas das consequências que o desafio pode trazer, explica Antônio Carlos Fiamini, especialista em ortodontia.

Desgastar as pontas dos dentes pode implicar em problemas funcionais para arcada dentária e atrapalhar a mastigação. Isso acontece porque o organismo entende que um lado da boca está sendo mais exigido que o outro, o que pode resultar em hipertrofia da musculatura e deglutição atípica, levando a pessoa a engolir os alimentos mais inteiros, com menos poder de mastigação, causando gastrite e outros problemas de estômago.

“O problema é que não teremos mais um equilíbrio funcional. Por exemplo, quando comemos não mastigamos apenas em abertura e fechamento, como um robô, mas fazemos movimentos de lateralidade que se dão às custas das cúspides, que são justamente aquelas pontas dos dentes”, explica Fiamini.

O que fazer com os dentes desalinhados?

Uso de aparelho pode ser necessário para alinhar os dentes

Uso de aparelho pode ser necessário para alinhar os dentes

Reprodução/Pixabay

Para quem está insatisfeito com os dentes e gostaria de deixá-los mais alinhados, a orientação do especialista é a de procurar um profissional habilitado, que é quem pode dar uma posição clara da necessidade da instalação de um aparelho.

“Existem diversas técnicas para várias faixas etárias, como ortodontia, ortopedia funcional, ortopedia facial, e dentre essas especialidades existem várias técnicas”, afirma.

Mas os dentes são dinâmicos, alerta Fiamini, ou seja, a posição deles muda conforme o transcorrer da vida. Isso ocorre devido a vários fatores, como alimentação ou o próprio desgaste que o esmalte do dente sofre ao passar dos anos.

“Isso tudo faz com que eles mudem de posição. É lógico que esses movimentos são discretos, mas eles ocorrem, então é preciso ter essa consciência. Um tratamento ortodôntico finalizado hoje não significa que ele vai perdurar aquela posição imutável para o resto da vida”, diz o especialista.

Veja também: Perfil na web expõe influenciadoras que mentem sobre a aparência