Coração partido: casal idoso morre com 33 horas de diferença

Segundo filho dos dois, que é oncologista, piora no estado do homem se deu logo após a morte da esposa. Eles foram casados por 68 anos

Após viverem 68 anos juntos, Corrine e Bob faleceram com 33 horas e diferença

Após viverem 68 anos juntos, Corrine e Bob faleceram com 33 horas e diferença

reprodução

Após viver 68 anos ao lado da esposa, o norte-americano Bob Johnson não conseguiu passar um dia longe do amor de sua vida. Ele faleceu de câncer no dia 24 de novembro, 33 horas após Corrine Johnson, que foi vítima de insuficiência cardíaca. 

Segundo o filho do casal, o oncologista Bruce Johnson, a piora no estado de Bob se deu logo após a morte de Corrine. "Eu meio que pensei que ele duraria semanas", diz Bruce. “Assim que minha mãe faleceu, ele piorou e morreu em um dia. É difícil imaginar que seja uma coincidência.”

Bob tinha 88 anos, Corrine, 87. Até seis meses atrás, o casal vivia de maneira independente em uma pequena fazenda em Minnessota, nos Estados Unidos, onde criaram seus sete filhos. 

"Quando a mãe passou, eles puxaram a cortina entre as duas camas, ele apenas olhou para a cortina", diz Beth Kinkeade, uma das filhas do casal Johnson. Segundo, Beth, dias antes de sua maorte, Corrine beijou o marido e sussurrou: "Eu amo você."