Como uma violinista de sucesso foi parar nas ruas de Los Angeles

Em vídeo emocionante, musicista cativa seguranças com ópera no metrô porque teve seu violino roubado: "Era tudo o que eu tinha"

Emily cativou a atenção dos seguranças cantando no metrô

Emily cativou a atenção dos seguranças cantando no metrô

reprodução

Aos 52 anos, a violinista clássica Emily Zamourka representa uma parcela da população de rua nos Estados Unidos que um dia teve sucesso na profissão, mas os holofotes não foram o suficiente para garantir um teto. Morando nas ruas, a musicista foi achada em Los Angeles, segurando seus poucos pertences em diversas sacolas e cantando uma ópera "de tirar o fôlego" no metrô. Veja o vídeo 

Como uma talentosa musicista vai parar nas ruas? 

Nos Estados Unidos desde os 28 anos, o destino de Emily foi consequência de vive em um país sem sistema de saúde pública. Problemas de saúde são um dos principais motivos de falência dos cidadãos do país, uma vez que uma simples internação chega a custar milhares de dólares. Como a violinista passou por uma série de problemas de saúde, não conseguiu pagar suas despesas médicas. Praticamente sem dinheiro para cobrir as contas do hospital, Emily também ficou sem dinheiro para o aluguel. 

A violinista foi morar nas ruas para sobreviver, mas continuou dando aulas de piano e violino como se sua vida corresse normalmente. 

Tudo piorou quando seu violino de 10 mil dólares foi roubado. 'Era minha fonte de renda', disse ela à NBCLA. "Era tudo pra mim"

"Estou dormindo no papelão agora, no estacionamento", disse ela. "Tenho pessoas que sentem pena de mim, mas não quero ser um fardo para ninguém."

O canto de Emily viralizou nas redes sociais, após ser filmada pela polícia de Los Angeles. Agora, a musicista espera que essa seja sua luz no fim do túnel. 

"Serei muito grata a qualquer um que esteja tentando me ajudar a sair das ruas e ter meu próprio lugar, ter meu instrumento."