Click Grátis Dermaplaning: Saiba mais sobre essa técnica de embelezamento

Dermaplaning: Saiba mais sobre essa técnica de embelezamento

Dentre todas as técnicas de embelezamento que podem ser encontradas nas estéticas nos dias de hoje, uma das que mais tem ganho espaço é chamada de Dermaplaning. Trata-se de um tipo de esfoliação, mas que acontece na camada mais superficial da pele e que pode ser feita utilizando uma ablação com uma lâmina de bisturi. 

Ao longo do procedimento, o bisturi, o profissional qualificado vai removendo a camada córnea (camada de células mortas) e também a pilosidade da pele. Com isso, as pessoas percebem uma melhora na textura e na tonalidade de uma forma geral. 

Dermaplaning: Saiba mais sobre essa técnica de embelezamento

Dermaplaning: Saiba mais sobre essa técnica de embelezamento

Click Grátis - LifeStyle

Principais benefícios

O dermaplaning acaba oferecendo uma série de benefícios para o rosto. Um dos mais evidentes é a melhora da textura cutânea, aumentando o brilho e também a luminosidade da pele de uma forma geral. Além disso, o procedimento também estimula a renovação celular, eliminando as células mortas e também a penugem facial. 

Veja também:

6 dicas de especialistas para manter a pele perfeita Argilas para pele: confira as diferenças entre as cores disponíveis no mercado Conheça a doença que deixa as pessoas com “pele de boneca”

Um outro benefício que o dermaplaning traz é uma melhora na permeabilidade da pele, o que faz com que seja percebível um aumento- no efeito de ativos devido à remoção da concentração de célula mortas. As pessoas também afirmam que, após o procedimento, a aplicação de itens de maquiagem, fazendo inclusive com que estes produtos tenham uma maior fixação. 

Apesar de não ser um procedimento que visa especificamente eliminar as rugas, ele também ajuda bastante no processo de harmonização facial, fazendo com que elas se tornem menos evidentes. Por último, as pessoas que possuem problemas de acne depois de adultas também podem perceber uma melhora significativa neste quadro, pois o procedimento reduz o entupimento das glândulas sebáceas pela camada superficial de células queratósicas. 

Algumas contraindicações

Como se trata de um procedimento que vai depender de um contato físico de um instrumento com a pele, existem algumas contraindicações que precisam ser observadas. Uma das principais é com relação ao cuidado que se deve ter com os pacientes com acne ativa, pois o procedimento pode acabar piorando o quadro. 

Além disso pacientes com sensibilidade, como rosácea, psoríase e dermatites, não têm indicação para o tratamento. Alguns tipos de alergias também podem tornar o procedimento um problema, especialmente aqueles relacionados a níquel. Por isso, é importante que os pacientes tirem todas as suas dúvidas antes de marcar o procedimento. 

Últimas