Lifestyle Caso Mariana Ferrer: famosas se revoltam contra 'estupro culposo'

Caso Mariana Ferrer: famosas se revoltam contra 'estupro culposo'

Bruna Marquezine, Deborah Secco e Samara Felippo foram às redes sociais se pronunciar contra sentença que inocentou André Camargo Aranha

  • Lifestyle | Do R7

Sentença que inocentou André Camargo Aranha pelo estupro de Mariana Ferrer causou revolta nas redes sociais

Sentença que inocentou André Camargo Aranha pelo estupro de Mariana Ferrer causou revolta nas redes sociais

Reprodução

"Não existe estupro culposo". A frase indignada está reverberando nas redes sociais de famosas como Bruna Marquezine, Deborah Secco, Tais Araújo, Samara Felippo e Bruna Linzmeyer desde a última terça-feira (3). A revolta questiona a sentença do processo criminal envolvendo o empresário André Camargo Aranha, acusado de estuprar a influenciadora Mariana Ferrer em dezembro de 2018.  

Na sentença divulgada em setembro deste ano, o juiz Rudson Marcos concordou com a posição do Ministério Público, que concluiu que o acusado não teve a intenção de estuprar. Para as famosas que se posicionaram, a sentença é "inaceitável". 

Desmecerer a vítima é comum em casos de estupro, relatam advogados

"Vocês acham possível estuprar alguém sem querer?", questionou Bruna Linzmeyer em sua conta no Twitter. "Estupro culposo é o ato de estuprar alguém sem intenção de estuprar ou julgar alguém sem intenção de condenar?"

Ver essa foto no Instagram

#estuproculposonãoexiste

Uma publicação compartilhada por Bruna Linzmeyer (@brunalinzmeyer) em

"Que isso!", escreveu Samara Felippo, compartilhando as hashtags #justiçapormarianaferrer e #nãoexisteestuproculposo. Deborah Secco e Bruna Marquezine também postaram a frase "Não existe estupro culposo" em suas redes. 

Ver essa foto no Instagram

Brasil, 3 de novembro de 2020.

Uma publicação compartilhada por Deborah Secco (@dedesecco) em

Taís Araújo publicou um diagrama para definir que qualquer ato sexual sem consentimento se trata de um estupro. "Bem desenhado pra que todos possam entender que não existe estupro culposo! Ninguém comete estupro sem intenção. Esse precedente é mais uma violência contra o direito das mulheres."

Já Fernanda Nobre gravou um vídeo direcionado aos homens: "Transar com uma mulher dormindo é estupro. Transar com uma mulher inconsciente é estupro. Transar com uma mulher que disse 'não' é estupro. Transar com uma mulher que disse 'sim', mas no meio do sexo mudou de ideia e disse 'não' é estupro." 

Ver essa foto no Instagram

Homens, URGENTE

Uma publicação compartilhada por Fernanda Nobre (@fenobre) em

Últimas