Alto Astral Saiba quais são as plantas mais fáceis de cultivar em casa

Saiba quais são as plantas mais fáceis de cultivar em casa

Separamos algumas plantas que são fáceis de cultivar em casa para você ter em seus ambientes e dar um up na decoração, sem estresse.

Alto Astral

Ter um ambiente aconchegante e bonito faz toda a diferença na forma como lidamos com nosso próprio espaço. Por isso, investir em plantas na decoração pode ser uma ótima alternativa para você!

Conforme afirma a paisagista Rayra Lira, da J. Lira Green Life, o primeiro ponto a se considerar na hora de comprar a planta certa é o seu estilo de vida. Depois, o local onde vão ser colocadas. Isso porque cada uma tem suas especificidades de luz, solo e ambiente, e é necessário conhecê-las.

Além disso, Lira faz um alerta importante: “Outro fator é a presença de animais e crianças, algumas plantas podem ser tóxicas para eles”.

Jiboia

Uma planta fácil de cultivar, que se espalha em efeito cascata ou subindo pelas paredes. É capaz de absorver substâncias químicas e preenche o espaço de forma simples e bonita. Gosta de umidade, boa ventilação e luz natural, não se dá bem em temperaturas baixas. A rega é de 2 a 3 vezes por semana.

Trapoeraba roxa

Uma opção mais resistente, que sobrevive em condições variadas e até mesmo em temperaturas baixas. Algumas horas de sol ou meia-sombra, são suficientes para vê-la em seu esplendor. A rega é de 2 vezes por semana, sob sol pleno, e 1 vez por semana, à meia-sombra.

A paisagista aconselha que o solo esteja sempre úmido, com uma quantidade boa de matéria orgânica e seja fertilizado uma vez ao ano. “A poda precisa ser feita para eliminar apenas as folhas secas”, aconselha a profissional.

Maranta pavão

Esta planta deve ser cultivada sob luz solar indireta, para que seja possível mantê-la saudável. Os desenhos são vistos durante o dia, quando se movimenta para baixo em busca da luz do sol, já que à noite as folhas ficam erguidas. A rega é de 2 a 3 vezes por semana.

Segundo Rayra, “Precisa ser plantada em um recipiente raso com furos de drenagem, porque ela possui raiz superficial e se ficar molhada por muito tempo pode apodrecer“. Além disso, aconselha que não seja posicionada em locais muito susceptíveis a flutuações na temperatura e que por ser uma planta tropical, não se dá bem muito abaixo dos 21°C.

Bambu da sorte

Flexível e resistente, esta planta é capaz de purificar o ar e se adequa à meia-sombra ou sombra total, em ambientes com luz natural afastados da janela. Fácil de manter, exige poucos cuidados. Carrega a simbologia oriental de prosperidade e bons fluidos. A rega é de 2 a 3 vezes por semana.

Pacová

Uma opção exuberante e forte, é uma planta fácil de cultivar em lugares com pouca luminosidade. Possui folhas largas e caules capazes de reservar água para os momentos de escassez. O ideal é manter o solo úmido. A rega é de 2 a 3 vezes por semana.

“Não deve ficar em ambientes fechados com ar-condicionado muito forte. A adubação deve ser feita de forma constante com fertilizante orgânico, sugere a paisagista.

Suculentas

Existe uma enorme variedade de tamanhos, formas e tonalidades. São fáceis de cuidar e ideais para ambientes fechados. Preferem a luz direta, pois são originárias de local seco e sol forte. Segundo Lyra, não necessitam de rega diária, somente quando o solo estiver seco.

Consultoria: Rayra Lira, paisagista / Texto: Daniela Orlandi

Últimas