Lifestyle 'Boca de metida': Anitta se inspira no Insta para fazer procedimento

'Boca de metida': Anitta se inspira no Insta para fazer procedimento

Querer virar uma selfie ambulante é tendência mundial. Cantora revelou no stories que deu uma "arrebitada" na boca, mas achou pouco

'Boca de metida': Anitta se inspira no Insta para fazer procedimento

A nova 'boca de metida' de Anitta

A nova 'boca de metida' de Anitta

Reprodução/Instagram

Anitta quer deixar seu rosto igual ao que ele fica com filtros do Instagram. A cantora revelou em seu stories, na noite desta quinta-feira (7), que fez um procedimento estético para conquistar o que chamou de "boca de metida". "Vocês acham que mudou? Eu botaria mais um pouco... vou voltar, viu doutor", avisou.  

A atitude da cantora acompanha uma tendência mundial. Estudo realizado realizado na Universidade John Hopkins, nos EUA, aponta que as plataformas de mídia social e os aplicativos de edição de fotos são fontes de inspiração cada vez mais populares para pessoas interessadas em modificações na face.

De acorco com Wendell Uguetto, cirurgião plástico da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e do Hospital Albert Einstein, os Estados Unidos já registram um aumento de 10% na procura por cirurgia de face. "Vivemos em um mundo de realidade deturpada. Os padrões de beleza beiram muito mais o artificial do que natural", analisa. 

Mesmo na crise, cirurgia plástica com fins estéticos aumenta 25,2%

Seguindo esse critério, os filtros deixam as pessoas 'mais bonitas', aumentam os lábios, retiram rugas, elevam o canto dos olhos, tornam os olhos maiores, mais claros, arrebitam nariz. "Alteram os formatos, mas ainda é a pessoa, e é essa face com filtro que as pessoas querem ser", explica o médico. Na vida real, porém, está longe de ser igual ao se que se vê no perfil do Instagram ou do Facebook. 

"Todo mundo quer mostrar sua melhor face nas redes sociais, ninguém compartilha contas a pagar... A pessoa tem o direito de querer ficar mais bonita, mas o médico tem de orientar o paciente", alerta o cirurgião.

Realidade distorcida

Na fala de Anitta, além da busca por esse rosto modificado pela tecnologia, é possível identificar uma certa distorção visual da realidade, na medida em que ela achou pouco o preenchimento. De acordo com Uguetto, pode acontecer um fenômeno semelhante ao que acomete pacientes de anorexia, por exemplo. A pessoa está super magra, o olho vê magra, mas o cérebro enxega gorda. 

Instagram remove filtros que simulam cirurgia plástica no rosto

"O corpo tem um limite do que suporta injetar. Se colocar muito produto (ácido hialurônico, por exemplo), há risco de comprimir os vasos sanguíneos, gerando uma isquemia local que pode levar a uma necrose. Além disso, quanto mais produto, maior a chance de infecção", explica o plástico. 

O ideal é aplicar 'boca' aos poucos para ficar com uma 'margem de manobra' para o caso de precisar aumentar a dose. Normalmente, os produtos usados são absorvidos pelo organismo em cerca de um ano e meio. A reversão do procedimento é muito mais difícil.