Bichos Pequenos, rosados e idênticos: nascem pandas gêmeos em Madri

Pequenos, rosados e idênticos: nascem pandas gêmeos em Madri

Mamãe panda gigante teve a duplinha no zoológico da capital espanhola; nascimento é importante para preservação da espécie

  • Bichos | Do R7, com informações da AFP e EFE

A dupla rosada e pequenina nasceu no zoológico de Madri, na Espanha

A dupla rosada e pequenina nasceu no zoológico de Madri, na Espanha

EFE/Zoo Aquarium de Madrid

Uma ursa panda gigante deu à luz filhotes gêmeos nesta segunda-feira (6), no zoológico de Madri, na Espanha. O nascimento da pequena e rosada duplinha é um feito importante para a preservação da espécie, que corre risco de extinção.

Os pandas gêmeos nasceram no Zoo Aquarium de Madri na manhã desta segunda, em um trabalho de parto de mais de quatro horas, segundo comunicado do zoológico. A expectativa é de que os filhotes sejam totalmente dependentes da mamãe panda durante os próximos quatro meses, até poderem caminhar sozinhos.

Passo contra a extinção

Dois especialistas chineses auxiliaram os veterinários espanhóis a cuidar dos gêmeos. A panda gigante Hua Zui Ba e seu companheiro Bing Xing já tinham quatro outros filhotes. Esse novo nascimento "é uma grande contribuição para a conservação de espécies ameaçadas", afirmou ainda o zoológico.

A reprodução dos pandas, tanto em cativeiro quanto na natureza, é considerada complicada, de acordo com especialistas. Por isso, o urso panda gigante é considerado uma espécie vulnerável,  com menos de 2.000 animais em seu habitat natural, segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza.

Últimas