Bichos Gatos se comunicam pelo movimento dos olhos, diz pesquisa

Gatos se comunicam pelo movimento dos olhos, diz pesquisa

De acordo com pesquisadores do Reino Unido, movimento de estreitar os olhos equivale a um sorriso no mundo dos bichanos 

Para os gatos, um "piscar lento" é como um sorriso, disseram os pesquisadores

Para os gatos, um "piscar lento" é como um sorriso, disseram os pesquisadores

Pixabay

Uma equipe de psicólogos encontrou uma maneira de comunicar emoções positivas com gatos usando o movimento dos olhos.

Os pesquisadores das universidades de Portsmouth e Sussex, no Reino Unido, descobriram que estreitar os olhos para um gato, em um movimento que eles descreveram como um “piscar lento”, seguido por um estreitamento ou fechamento prolongado dos olhos é como sorrir para os gatos. Os resultados dos experimentos com piscar lento para gatos foram publicados na revista Scientific Reports.

O estudo descobriu que os gatos de estimação eram mais propensos a piscar lentamente de volta para seus donos se os donos piscassem lentamente para eles primeiro. Também eram ainda mais propensos a abordar um pesquisador que acabaram de conhecer se a pessoa piscasse lentamente antes de oferecer uma mão aberta, do que se o pesquisador mantivesse uma expressão facial neutra.

Os proprietários de gatos também podem tentar replicar o experimento em casa

Os proprietários de gatos também podem tentar replicar o experimento em casa

Pixabay

Esta foi a primeira vez que o piscar lento foi estudado na comunicação gato-homem, de acordo com Karen McComb, professora da escola de psicologia da Universidade de Sussex e uma das autoras do estudo.

“Como alguém que estudou o comportamento animal e é dona de um gato, é ótimo poder mostrar que gatos e humanos podem se comunicar dessa maneira”, disse McComb. “É algo que muitos donos de gatos já suspeitavam, então é emocionante ter encontrado evidências disso.”

O cientista do comportamento animal Tasmin Humphrey, o principal autor do estudo, disse que uma maior compreensão da interação gato-homem pode ajudar a melhorar a compreensão do público sobre o bem-estar dos gatos. Ela também observou que os gatos não foram estudados tanto quanto outras espécies amigáveis ​​aos humanos, como os cães.

“É possível argumentar que os gatos desenvolveram o comportamento de piscar lento porque os humanos perceberam o comportamento como positivo”, disse Humphrey.

“Os gatos podem ter aprendido que os humanos os recompensam por responderem a piscar lentamente. Também é possível que o piscar lento em gatos tenha começado como uma forma de interromper um olhar fixo ininterrupto, o que é potencialmente ameaçador na interação social.”

Os proprietários de gatos também podem tentar replicar o experimento em casa, de acordo com McComb.

“É uma ótima maneira de aumentar o vínculo que você tem com os gatos”, disse McComb. “Tente estreitar os olhos para eles como faria em um sorriso relaxado, seguido de fechar os olhos por alguns segundos. Você descobrirá que eles respondem da mesma forma e você pode iniciar uma espécie de conversa.”
 

Veja também: Gatos com cara de gente fazem sucesso no Instagram

Últimas