Bem Estar 'Tenho o corpo rechonchudo, nunca serei o estereótipo da magreza', diz Andréa Sorvetão após perder peso

'Tenho o corpo rechonchudo, nunca serei o estereótipo da magreza', diz Andréa Sorvetão após perder peso

Ex-paquita passou por mudança 'gigantesca', além da aparência, depois de procurar orientação médica e adotar novos hábitos

  • Bem Estar | Brenda Marques, do R7

Andréa Sorvetão postou um antes e depois no Instagram, mostrando sua transformação

Andréa Sorvetão postou um antes e depois no Instagram, mostrando sua transformação

Reprodução/Instagram @andreasorvetaooficial

Em fevereiro, Andréa Sorvetão surpreendeu seus seguidores nas redes sociais ao compartilhar uma montagem em que vestia o mesmo biquíni em ocasiões diferentes, o que deixou evidente sua perda de peso após um mês e meio de dieta, cuidados com a saúde e mudança de hábitos. Na legenda da publicação, ela afirmou que a primeira foto, tirada na praia, foi o pontapé para sua transformação.

Mas ela não idealiza conquistar um corpo esguio como o imposto pelos padrões sociais de beleza com esse novo comportamento. "Eu tenho o corpo mais rechonchudo, perna grossa. Esse é meu formato de corpo, nunca vou ser o estereótipo da magreza", afirma.

Porém, acrescenta que ao olhar aquela imagem, registrada em janeiro deste ano, desconfiou que algo estava errado e procurou orientação médica. A ex-paquita tem hipotireoidismo, uma condição que faz com que a produção de hormônios pela glândula tireoide ocorra de maneira inadequada.

"Quando vi aquela foto, pensei: 'Minha tireoide só pode estar desregulada'. E realmente estava. Tive que aumentar a dosagem do remédio que eu estava tomando, o que melhorou até mesmo a minha disposição", conta.

Sorvetão também teve Covid-19 em dezembro de 2020, e a doença a deixou sem disposição, o que influenciou no seu ganho de peso. "Eu não tinha vontade de fazer nada, e quando melhorei, voltei a caminhar devagar", lembra.

"Então, em janeiro, quando fiz aquela foto, [a aparência] foi decorrente desse histórico inteiro. E a idade também é ingrata, o organismo para mesmo", analisa a artista, que vai completar 49 anos em agosto.

A jurada do Canta Comigo Teen destaca ainda que seu emagrecimento é resultado de um conjunto de fatores. Além de ajustar a medicação para a tireoide, ela adotou uma alimentação saudável, começou a praticar exercícios com mais frequência e está passando por tratamentos estéticos.

Muitas folhas e zero carboidrato

A cada 15 dias, Sorvetão recebe injeções de enzimas que queimam gordura e, ao mesmo tempo, diminuem a flacidez. Uma vez por semana, a ex-paquita faz drenagem linfática. Do cardápio, ela eliminou todo tipo de carboidrato. Enquanto conversava com o R7, comeu ovo cozido e granola com iogurte.

"Eu como legumes variados, muitas folhas e proteína — carne, frango, peixe, porco", cita. "Também como doce, mas tento evitar, porque é a minha perdição. Quando dá vontade, pego banana com aveia, jogo mel e canela. Chupo muita laranja", revela sobre as soluções que encontrou para satisfazer o paladar.

Entretanto, apesar de estar obstinada, há prazeres dos quais ela não abre mão. "Quando coloco uma meta, eu vou muito no foco, mas não deixo de tomar um vinho com meu marido."

O corpo como aliado dos treinos

Por causa das gravações do Canta Comigo Teen, em São Paulo, Sorvetão só está conseguindo treinar três vezes por semana durante, no máximo, 40 minutos. Ela pratica a calistenia, um conjunto de exercícios físicos feitos apenas com o peso do próprio corpo. "Esse trabalho na academia me ajudou muito", comenta.

A artista ainda confessa que se sente mais disposta para malhar quando está no Rio de Janeiro, cidade onde reside com o marido, Conrado, e as duas filhas, Giovanna e Maria Eduarda . "Nesse final de semana, andei 12 km de bike, o privilégio de morar no Rio me ajuda muito", destaca.

Mais energia para viver

A adoção de hábitos mais saudáveis trouxe mudanças "gigantescas" para a musa: a principal delas é ter mais disposição para viver. "O corpo fica mais ativo, você não dorme tanto. Antes eu dormia muito", lembra.

A perda de peso é outro resultado evidente, ela não sabe dizer quantos quilos perdeu desde janeiro até agora. "Eu não me peso. É uma coisa mais de perder gordura e ganhar músculo", descreve, referindo-se às mudanças em seu corpo.

Mas destaca que o emagrecimento também é perceptível quando vai experimentar as próprias roupas — só não precisou renovar o guarda-roupa porque tinha peças antigas guardadas.

Para quem deseja emagrecer e — mais do que isso — ter um estilo de vida saudável, o primeiro conselho de Sorvetão é procurar um médico e fazer exames. "Eu tomo muito cuidado ao falar sobre perda de peso, porque cada organismo reage de uma forma", enfatiza.

A ex-paquita destaca que o mais difícil não é fazer alguns quilos irem embora, mas sim manter o peso. "Por isso, a mudança tem que acontecer primeiro na cabeça. Tem que estar ciente que vai ter que mudar e continuar com as novas práticas", pondera.

Últimas