Sport Life Vitaminas encontradas nos alimentos aumentam a imunidade

Vitaminas encontradas nos alimentos aumentam a imunidade

Uma dieta rica em vitaminas te ajuda a não contrair as doenças e, caso isso aconteça, garante uma melhor e mais breve recuperação

Sport Life
Getty Images

Getty Images

Sport Life

O mês de março requer muita atenção à nossa saúde e, por isso, é muito importante reforçar a imunidade ingerindo vitaminas e minerais de forma natural. Além do aumento expressivo dos casos de Covid-19 nas últimas semanas, a proliferação do Aedes aegipty (por causa água parada), mosquito que transmite doenças como a dengue, o Zika virus e a Chikungunya, também é um alerta.

A nutricionista da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Sizele Rodrigues, dá as dicas para uma alimentação saudável que poderá deixar adultos e crianças menos vulneráveis às gripes, aos resfriados e outras doenças que deixam o corpo dolorido e perseveram por dias e até semanas. Pensar melhor nos alimentos ingeridos, ricos em vitaminas, vai contribuir para não contrair as doenças e, caso aconteça, ter uma melhor e mais breve recuperação.

“Manter uma alimentação saudável e adequada é um fator de extrema importância para o fortalecimento do sistema imunológico. Alguns nutrientes encontrados nos alimentos desempenham a função de modular a resposta imune do corpo e com isso ajudam a prevenir o desenvolvimento de diversas doenças”, afirma.

A dieta rica em vitaminas e minerais

A vitamina C ou ácido ascórbico possui papel importante no fortalecimento da imunidade por ter propriedades antioxidantes e auxiliar na integridade das células de defesa, o que aumenta a resistência contra infecções. Frutas como laranja, tangerina, limão, acerola, morango e goiaba são importantes fontes de vitamina C.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) a ingestão diária de 45mg de vitamina C, ou o consumo de apenas uma laranja por dia já supre essa necessidade no organismo. A deficiência severa de vitamina C pode levar ao aparecimento de escorbuto, doença caracterizada por hemorragias, sangramento de gengivas, dores musculares e queda de dentes em crianças e adultos.

“Apesar de o ácido ascórbico estar diretamente relacionado à boa imunidade, uma alimentação realmente capaz de proteger o organismo de doenças deve ser rica em várias outras vitaminas e minerais que estão presentes nos mais diversos tipos de alimentos. Portanto, as refeições diárias devem ser bem completas e equilibradas”, ensina Sizele.

A vitamina A, encontrada em alimentos vermelhos e alaranjados, como cenoura, manga, abóbora e tomate, é outro nutriente importante na manutenção da integridade das células de defesa.

A vitamina E ajuda a proteger células contra substâncias tóxicas e favorece a função imunológica. As castanhas, o amendoim, as sementes de girassol e os vegetais verdes escuros, como brócolis, couve, por exemplo, são ricos neste nutriente.

O zinco é um mineral que está altamente relacionado ao fortalecimento do sistema imune, e é encontrado em carnes, laticínios, frutos do mar e cereais.

Além destes nutrientes, Sizele recomenda o consumo de probióticos, como o iogurte natural, por contribuir para o equilíbrio da microbiota intestinal e auxiliar as células de defesa no combate às infecções.

Últimas