Sport Life Vegetarianos têm mais dificuldade para ganhar massa muscular

Vegetarianos têm mais dificuldade para ganhar massa muscular

Os vegetarianos precisam de atenção redobrada para repor os aminoácidos e carboidratos e conseguir um aumento da massa magra

Sport Life
iStock

iStock

Sport Life

Se os alimentos de origem animal como as carnes, ovos e leite são as principais fontes de proteína na alimentação e responsáveis pela recuperação e anabolismo muscular, é natural pensar que os vegetarianos terão mais dificuldade para ganhar força muscular.

Quem pratica musculação e tem como objetivo adquirir a famosa massa magra, sempre aposta em alimentos proteicos como a carne de frango, ovos e o famoso suplemento whey protein, feito a partir da proteína do leite. Mas e quando o atleta segue a dieta vegetariana ou vegana?

Segundo a nutricionista Karina Valentim, os vegetarianos de fato podem encontrar mais dificuldade no processo, principalmente quando não seguem uma dieta equilibrada e controlada recomendada por um profissional. “Caso o indivíduo pratique exercícios e não faça a correta substituição de alimentos de fonte proteica de origem vegetal, pode ocorrer perda de massa muscular e consequente perda de peso”, explica.

Mas calma, pois não é impossível! Segundo pesquisas na área, embora os alimentos de origem vegetal contem com um menor conteúdo proteico, a dieta vegetariana pode sim fornecer a quantidade adequada de proteínas sem prejudicar a saúde, até mesmo para atletas.

Os vegetarianos também não precisam de treinos específicos ou mais frequentes do que quem come carne. Treinando normalmente e repondo durante o dia suas necessidades de aminoácidos e carboidratos, o atleta pode conquistar seus objetivos.

Quem apenas não come carne, pode apostar nos ovos e leite, principalmente após os treinos. Já quem não consome nada de origem animal, deve ingerir alimentos com fração proteica significativa.

Apesar dessa desvantagem, é bom lembrar que que seguir o estilo de vida vegetariano traz muitos benefícios para o nosso corpo. Os principais exemplo são a diminuição da chance de desenvolver câncer, a contribuição para o emagrecimento. Por fim, o mais importante é ter uma atitude que deixa o mundo mais sustentável.

Últimas