Sport Life Um motivo por gol: dá para apostar em um ano bom ao Santos?

Um motivo por gol: dá para apostar em um ano bom ao Santos?

Depois de 4 partidas sem vitórias, Santos ganha na Libertadores por 5 a 0. Mas é possível se empolgar com a goleada?

Sport Life
Shutterstock

Shutterstock

Sport Life

O mês de abril foi conturbado para o Santos. Depois de comemorar os 109 anos de sua fundação no dia 14, o time sofreu uma série de tropeços no Campeonato Paulista e na Libertadores. Além disso, o técnico Ariel Holan pediu demissão e deixou o time sem comando. Contudo, como é comum em sua história, o time se reergueu e venceu o The Strongest-BOL por 5 a 0 em casa na última terça-feira (4). Será que a goleada na Liberta fará o time voltar com tudo e se recuperar na temporada? Isso ninguém sabe, mas temos uma razão para cada gol para acreditar que sim!

5 razões para acreditar

1 – Gol do Marinho. O craque do Santos, eleito o melhor jogador da América na temporada passada, está reencontrando o bom futebol. Além de balançar as redes, participou mais do jogo, deu uma assistência e foi eleito o melhor em campo.

2 – Gol do Pirani. Não há dúvidas que a agremiação encontrou a peça que faltava no meio-campo. O jovem jogador é o cérebro da equipe e também tem pisado mais na área. Em breve, deve ganhar a companhia de Carlos Sanchéz no setor. Quem sabe a experiência do uruguaio não impulsiona ainda mais a boa fase do camisa 20 no Peixe?

3- Gol do Balieiro. O adversário era fácil, mas não é que o volante marcou um lindo gol? Jean Motta, que também atuou mais recuado, também teve uma atuação de gala. O setor mais fraco da equipe nas derrotas pode se tornar um ponto forte?

4 – Gol do Lucas Braga. Torcedor do Santos desde criança, o atacante deve se consolidar como titular da equipe após a saída de Soteldo. Após um início abaixo no time, Braga ganhou o coração da torcida e tem entregue um boas atuações. Então, é possível que o torcedor, em breve, se esqueça do craque venezuelano.

5 – Gol do Kelvin Malthus. Mais uma promessa do Peixe que balança as redes. Com apenas 18, metade deles vividos na Vila Belmiro, o meio-campista foi às lágrimas após fechar a goleada. A base sempre entregou bons resultados ao time e nos leva a crer que em 2021 não será diferente.

Últimas