Sport Life O treino de corrida certo para quem está acima do peso

O treino de corrida certo para quem está acima do peso

A corrida é para todos e todas. Então, se você está um pouco acima do seu peso ideal, não tenha medo de começar a se exercitar!

Sport Life
Shutterstock

Shutterstock

Sport Life

A corrida é uma atividade física ótima para quem quer perder peso e eliminar algumas gordurinhas. Por outro lado, quem está um pouco gordinha ou gordinho pode ficar um pouco receoso na hora de começar a praticar. Mas não é preciso!

Segundo o estudo do pesquisador Steven Blair, da Universidade da Carolina do Sul (EUA), 40% dos obesos tinham taxas normais de colesterol e pressão. “Ter porcentagem de gordura mais alta não significa necessariamente que você corre mais riscos cardiovasculares. Independentemente disso, claro, é preciso fazer exames periódicos. Um teste ergoespirométrico é fundamental para indicar se o coração e os pulmões estão bem, mostrar as taxas do metabolismo e os limiares seguros de treino”, orienta a educadora física Thabata Giavoni.

Com exames em ordem, você está liberada para comprar um tênis próprio para o esporte e partir para o planejamento das sessões. Segure a empolgação inicial e respeite os dias de descanso previstos na planilha. “No início, as gordinhas devem intercalar caminhadas rápidas com caminhadas lentas e, progressivamente, introduzir corrida com intervalo maior de caminhada, até correr o tempo todo. Mais que intensidade, no início é preciso ganhar volume de treino. Outra opção é o deep running. A corrida dentro da água oferece mais resistência. Assim, você ganhará condicionamento sem o impacto da corrida no asfalto”, indica a ex-atleta olímpica e treinadora Carla Moreno.

No começo, é importante escolher trechos planos na hora de traçar a rota. Se possível, invista na musculação para fortalecer músculos e preservar os joelhos de lesão. Isso vai garantir que você possa traçar objetivos cada vez mais ambiciosos.

Um elemento importante para garantir conforto são as roupas. Deixe de lado as camisetas de algodão e invista em marcas com tecnologia para rápida evaporação do suor e a minimização de atritos. Aposte também em produtos para evitar assaduras, como o óleo de amêndoa, e aplique-os na área do top e da virilha, que costumam ficar machucados. Atualmente, há produtos específicos para as corredoras no mercado.

E não se esqueça de que você precisa de combustível para uma boa corrida. Porém, aprenda a escolher melhor o que vai ao prato. Afinal, nada melhor que calorias de ‘boa qualidade’. “Alimentos de baixo índice glicêmico (absorção lenta) liberam açúcar em menor velocidade no sangue e levam a uma menor liberação de insulina. São ricos em fibras e dão mais saciedade – caso da batata-doce e da aveia”, ensina a nutricionista Paula Crook.

Últimas