Sport Life Elíptico ou esteira: saiba quando realizar cada atividade

Elíptico ou esteira: saiba quando realizar cada atividade

Você decidiu que vai iniciar a prática de atividades, mas e agora? Explicamos as diferenças entre esteira e elíptico para você

Sport Life
Getty Images

Getty Images

Sport Life

Você decidiu que vai iniciar a prática de atividades, mas e agora? Começa pela esteira ou pelo elíptico, também conhecido como transport? Explicamos as diferenças entre eles e qual é a melhor para cada ideia.

Ambas as atividades são classificadas como exercício aeróbico. Enquanto a esteira é mais conhecida, o elíptico também se faz muito presente nas academias. Ele simula passadas de corrida e, com isso, trabalha os membros inferiores, superiores e o sistema cardiorrespiratório, ao mesmo tempo.

Vantagens da esteira

Iniciantes: Para quem está começando, ela é a mais indicada, por ter movimentos mais naturais. Não há muito o que aprender, basta iniciar uma caminha leve, depois aumentar o ritmo até conseguir correr. Não é preciso aprender nada, pois você poderá fazer apenas com a experiência mecânica que já possui no cotidiano.

Percepção de esforço: Na esteira, menos músculos são utilizados, então é comum que haja uma percepção menor de esforço em relação ao elíptico.

Vantagens do elíptico

Trabalha mais músculos: Os grupos musculares trabalhados nas atividades são bem semelhantes e envolvem glúteos, quadríceps, isquiotibiais, panturrilhas e músculo tibial anterior. No entanto, como você também precisa utilizar a musculatura dos braços nessa atividade, também trabalha o peitoral, deltoide, bíceps e tríceps.

Corpo mais definido: A musculatura acaba ficando mais ‘dura’ nessa atividade. Pois, ele proporciona um desenvolvimento muscular superior na região dos glúteos.

Segurança: Essa atividade acaba sendo menos intensa, pois acompanha necessariamente o movimento feito pelo atleta. Já que nela o pé fica em contato constante com o aparelho. Logo, há uma chance muito menor de quedas e de deslizes que possam atrapalhar a segurança.

Impacto: Pelo mesmo motivo citado acima, dos pés estarem em contato constante com o aparelho, ele tem um impacto menor. O movimento é mais suave, exercendo menos pressão sobre joelhos, quadris e coluna.

Últimas