Sport Life É possível ganhar condicionamento físico em apenas 4 minutos

É possível ganhar condicionamento físico em apenas 4 minutos

Mesmo praticando somente 4 minutos de atividade física, é possível obter alguns benefícios para a sua saúde

Sport Life
Shutterstock

Shutterstock

Sport Life

A pergunta que atormenta dez em cada dez pessoas é: quão pouco eu preciso me exercitar para que isso me traga benefícios? A resposta, ao que tudo indica, vai deixar muita gente com um sorriso grande no rosto: apenas 4 minutos.

Mas calma, que a coisa não é tão fácil assim. Essa programa visa apenas manter ou melhorar o condicionamento físico. Ou seja, essa atividade não serve, por exemplo, para quem pretende perder peso. Então, é preciso ter claro qual o seu objetivo antes de iniciar a praticar o exercício.

Para que você possa se beneficiar, terá de se submeter a um treino intervalado de alta intensidade, ou HIIT, na sigla em inglês. Isso significa um estímulo de algo em torno de 90% da sua frequência cardíaca máxima. Ou seja, um estímulo extenuante, intercalado com períodos de descanso ativo.

Em uma pesquisa realizada na Noruega, foram compararam dois grupos: um que correu na esteira a 90% da frequência cardíaca máxima (intensidade na qual fica impossível sequer completar uma frase inteira), 4 x 4 minutos, com 3 minutos de recuperação andando, e outro que correu direto somente durante 4 minutos, no entanto em sua frequência cardíaca máxima. Em ambos, as sessões de treinos foram feitas três vezes por semana, durante o período de 10 semanas. Ao final, observou-se que ambos os grupos tiveram um ganho de 10% no VO₂ máxima. Além disso, apresentaram mais controle das taxas de açúcar sanguíneas e do colesterol.

Arnt Erik Tjonna, autora da pesquisa, reforça que esse estudo teve um único objetivo e, por isso, não é o mais indicado à todo o tipo de pessoa. “Isso não é um programa de perda de peso, mas uma sugestão de como as pessoas podem iniciar para ganhar mais condicionamento ou mantê-lo quando o tempo é curto”, avalia.

Últimas