Sport Life Desde bebê: Saiba como incluir os mais novos no Yoga

Desde bebê: Saiba como incluir os mais novos no Yoga

Você sabia que os bebês já praticam yoga desde quando estão na barriga da mãe? Descubra as vantagens de incluir essa prática nos pequenos

Sport Life
Shutterstock

Shutterstock

Sport Life

Praticar Yoga tem muitos benefícios para todos nós. Sim, todos podem aproveitar dessa prática: até mesmo os bebês! Daniela Mattos, professora de Kundalini Yoga, nos conta as melhores opções para não deixar ninguém de fora.

“Não existe idade mínima. Os bebês já praticam yoga desde quando estão na barriga da mãe, então a ideia é mais adaptar. Uma ideia quando elas são bebês ou ainda muito pequenas, é escutar mantras, ou seja, praticar Naad Yoga ou yoga do som. Tudo é vibração e energia. Então, quando forem muito pequenos, é uma ótima alternativa. Para crianças pequenas, ele vira mais uma brincadeira lúdica, com poucas regras e muita diversão, mas fazendo as posições que geram benefícios. Outra ideia é deixá-los assistir você praticando, porque eles gostam de copiar. A partir dos 3 anos já dá para ensinar as primeiras meditações. Essas são dinâmicas: o ideal é começar com apenas 1 minuto e aumentar aos poucos, conforme a criança consegue aumentar a concentração”, conta. 

No entanto, é preciso ficar atento. Pois, cada bebê ou criança vai ter exercícios preferidos e, nem sempre serão os melhores para cada uma delas. É preciso saber aprender a escutar o que elas precisam.

“Minha dica é apresentar diferentes exercícios e, desta forma, ela poderá escolher os que mais a beneficiam.  Mas, existem dois que tem benefícios e muitas crianças já fazem naturalmente: posição da criança: acalma a mente, e relaxa o coração e o corpo, e ainda ajuda na digestão; e a posição cachorro de cabeça para baixo: as crianças fazem muito e ela é fantástica para fortalecer o sistema nervoso. Quando existe o fortalecimento do sistema nervoso, existe uma melhora no desenvolvimento do cerebral e diminui a ansiedade”, ensina Daniela.

Cuidados e vantagens para os bebês

Nossa flexibilidade vai reduzindo conforme nossa idade vai aumentando. Tanto que é muito comum ver alguns bebês colocando o pé na boca sem dificuldade. “As crianças são bem flexíveis então é bom ficar de olho para elas não irem longe demais e se machucarem”, reforça a professora.

Por outro lado, a prática do yoga desde bebê nunca fez tanto sentido: a pressão no sistema nervoso ficará cada vez maior, basta olhar a quantidade de informações que temos e o nível de estresse atual. “A próxima geração precisará utilizar todo o seu potencial para resolver problemas que nenhuma geração antes enfrentou. E esses desafios já estão batendo na nossa porta”, aponta.  

Para encerrar, Daniela Mattos reforça que nosso corpo precisa manter a harmonia para ficar saudável. E, se isso for trabalhado isso desde bebê nos irá tornarar melhores adultos.

“Yoga significa união. União de corpo, mente e alma. Cultivando essa união desde cedo vai ajudar as crianças tanto no momento presente, quanto no futuro. Segundo a ciência de Kundalini Yoga, nós temos 3 cérebros (o estomago, o coração, e claro o cérebro). Cultivar harmonia com esses 3 ajuda atingirmos o verdadeiro potencial humano. Atualmente na nossa sociedade valorizamos muito a parte logica do nosso cérebro, ou seja, cultivamos metade de 1 dos 3. A pratica irá ajudar a manter a conexão e isso resultará em adultos que podem ser lógicos, criativos e intuitivos, dependendo da situação”, finaliza. 

Últimas