Sport Life Descubra 7 alimentos para combater o estresse do dia a dia

Descubra 7 alimentos para combater o estresse do dia a dia

Se a correria te faz optar pelo praticidade ao se alimentar, tome cuidado e veja esses 7 alimentos que vão te ajudar a reduzir o estresse

Sport Life
Shutterstock

Shutterstock

Sport Life

O estresse é algum comum com a rotina agitada que vivemos. Ela pode levar a falta de tempo, de exercício físico e má alimentação. Isso acaba desencadeando diversos problemas de saúde a longo prazo. Os sintomas são os mais variados e, hoje, atingem pessoas de todas as classes e idades. Por isso, é muito importante conhecer 7 alimentos que reduzem o estresse.

Veja os 7 alimentos que aliviam o estresse

Abóbora: Colabora com um bom aporte de zinco, mineral indispensável na síntese de serotonina, hormônio responsável pela sensação de relaxamento e felicidade.

Cenoura: Rica em vitamina A, responsável pela saúde e manutenção das células oculares, ela também auxilia no combate à hipertensão arterial e ao estresse, reduzindo sintomas como ao cansaço e fadiga.

Leite e derivados: Possuem alto teor de cálcio, mineral essencial na transmissão de impulsos nervosos e composição dos ossos e dentes. O baixo consumo desse mineral está ligado a doenças do coração e osteoporose. São ricos também em triptofano, aminoácido essencial na formação de serotonina (responsável pelo relaxamento e bem-estar) e melatonina (responsável pela qualidade do sono). Baixos níveis de cálcio no organismo podem levar ao aumento do nervosismo e irritabilidade.

Carnes, peixes e ovos: São fonte de triptofano, aminoácido que em conjunto com a vitamina B3 e o magnésio estão presentes na síntese de serotonina, hormônio da sensação de relaxamento e bem-estar, aliviando os sintomas de estresse e ansiedade. Carnes e peixes são fontes de taurina, aminoácido que tem capacidade de aumentar a ação do GABA, sendo bom coadjuvante no controle da ansiedade, stress e tensão muscular.

Sementes oleaginosas: Ricas também em ácidos graxos insaturados (ômega-3 e 6) são alimentos aliados ao combate do estresse. Fontes de selênio, um poderoso antioxidante, as castanhas do Pará colaboram com a capacidade do bom funcionamento da memória e combate aos radicais livres. Já as amêndoas, semente de girassol e semente de abóbora são ricas em vitamina B2, vitamina E, Magnésio e Zinco, tendo a capacidade de aumentar a produção de serotonina. A vitamina E tem ação antioxidante, destruindo os radicais livres relacionados ao estresse e doenças cardíacas.

Laranja, morango, maracujá, acerola, kiwi e goiaba: Só nesse tópico temos quase os 7 alimentos para combater o estresse. Mas, colocamos em um só pois são frutas que contém boas quantidades de vitamina C e minerais como o magnésio, cálcio e potássio. Os nutrientes encontrados nesses alimentos assessoram mecanismos da regulação da pressão arterial, mantém os níveis de cortisol (hormônio excretado em resposta ao stress e ansiedade) baixos e fortalece o sistema imunológico. A falta de vitamina C no organismo pode também acarretar em menores quantidades de ferro absorvido, podendo levar a quadros de anemia, acarretando também na falta de disposição.

Espinafre e brócolis: São fontes de potássio e ácido fólico, essenciais na atividade celular e garantindo o desempenho do sistema nervoso, por ter boas quantidades de vitaminas A e C, do complexo B, fosfato e magnésio, que quando em baixas quantidades no organismo pode propiciar o surgimento de dores de cabeça, enxaqueca e fadiga. Baixas quantidades de magnésio disponível resultam na simulação da produção de GABA e ajuda a produzir dopamina, levando ao relaxamento.

Últimas