Sport Life Dê fim nestes 7 erros nos treinos para evoluir mais

Dê fim nestes 7 erros nos treinos para evoluir mais

Alguns hábitos em algumas atividades cotidianas podem afetar - e muito - o seu desempenho. Veja como evitar 7 desses erros

Sport Life
Shutterstock

Shutterstock

Sport Life

Na musculação, na corrida ou em treinos funcionais, sempre existe alguma reclamação de que a evolução não está de acordo com os treinos. No entanto, esse rendimento pode ser causa de alguns erros em nossos hábitos cotidianos.

A especialista Larissa Kussano, da Bio Ritmo, separou 7 fatores que prejudicam seu treino e como ficar longe deles.

Os 7 erros capitais

1. Dormir pouco: O corpo precisa da recuperação para fazer as adaptações metabólicas que os treinos promovem. Ou seja, se você não faz o repouso corretamente, está prejudicando seus resultados.

2. Alimentação incorreta: Ficar atento à quantidade de calorias ingeridas é importante não só para quem quer emagrecer, mas para qualquer pessoa que mantem uma dieta equilibrada. Por isso, o mais indicado é buscar a orientação de um especialista em nutrição.

3. Matar o treino “só essa vez”: para evitar erros, o indicado é não estipular metas muito ousadas, mas cumprir o que está definido. As chances de você abrir mão das sessões de treino aumentam cada vez que você falta “somente” uma vez. Resultados aparecem, sobretudo, com a frequência de estímulo.

4. Não respeitar os intervalos entre as séries: O intervalo entre as séries é tão importante no treino quanto a carga ou repetição. Pois, se ele não foi respeitado, diminui a intensidade do treino e, consequentemente, adia os resultados esperados.

5. Adicionar exercícios sem orientação: Respeite a prescrição do professor. Se ele não passou determinado exercício, então não cometa o erro de adicionar sem a orientação de um profissional. Pois os treinos têm uma estrutura que obedece diversos parâmetros que os alunos, normalmente, desconhecem.

6. Menos é mais: Fazer menos exercícios, séries ou tempo de treino, te possibilita realizar as atividades com mais intensidade. Dessa forma, a possibilidade de perder peso e reduzir medidas aumenta, já que a atividade impactará em um metabolismo mais acelerado.

7. Priorize a técnica e não a carga: É um erro, pois não adianta pegar muito pesado e, no entanto, fazer movimentos curtos ou fora da velocidade de execução aconselhada pelo professor. Lembre-se: técnica sempre em primeiro lugar.

Últimas