Sport Life Cirurgia plástica infere na prática de atividades físicas

Cirurgia plástica infere na prática de atividades físicas

Se você fez ou está pensando em fazer alguma cirurgia plástica, fique atento ao que é necessário para retomar os exercícios

Sport Life
Getty Images

Getty Images

Sport Life

Você corre, morre de vontade de fazer alguma cirurgia plástica, como colocar prótese de silicone nos seios por exemplo, mas não sabe qual será a interferência na sua mama ao praticar o esporte após a cirurgia?

Saiba que mulheres que se dedicam às passadas precisam redobrar o cuidado ao voltar aos treinos após a colocação de próteses de silicone.  A vontade de voltar à rotina de treinos é enorme, mas é preciso recomeçar com cuidado para que a prática esportiva se torne, de fato, uma aliada da cirurgia plástica. Se feita de forma adequada, as atividades vão retardar a flacidez das mamas, melhorando o tônus muscular e a vascularização dos tecidos.

De acordo com os especialistas do setor, o mais indicado, quando uma mulher se submete ao implante de silicone nos seios (e até nos glúteos), é retomar a prática de atividades físicas 40 dias depois da cirurgia plástica, em média. O período total de recuperação chega a casa dos 3 meses.

Mesmo assim, você ainda precisará usar um top que dê bastante segurança aos seios e uma bermuda mais grossa que dê uma boa sustentabilidade aos glúteos, por causa dos impactos ocasionados pelo movimento intenso. Além disso, não se pode esquecer de manter as visitas regulares ao cirurgião nos períodos estipulados.

Após a cirurgia plástica, o ideal é apostar em exercícios leves. De preferência, comece pela caminhada e diminua o volume e a intensidade do treino para ir ganhando progressivamente o ritmo que empregava antes de todo o processo médico. Tenha paciência para voltar sem queimar etapas.

Um boa dica: quem já treinava antes pode contar com o auxilio da memória muscular retornando à antiga forma mais rapidamente. E fique bem atento ao balanço. O alto impacto não é bem-vindo nesse período de pós-operatório, mas assim que estiver sem dor, já poderá voltar a treinar normalmente.

Últimas