Sport Life As atividades para viver melhor com o passar do tempo

As atividades para viver melhor com o passar do tempo

As atividades aeróbicas são importantes, mas os exercícios multiarticulares vão te ajudar ainda mais a não sentir o passar do tempo

Sport Life
Shutterstock

Shutterstock

Sport Life

Alimentação saudável, rotina de exercícios, menos estresse e mais momentos de paz e sossego. Parece uma boa fórmula para prolongar os anos de vida com qualidade e saúde. Mas, com o passar do tempo, será que só isso basta? O educador físico e coach Tauan Gomes explica que não. 

“Com o passar dos anos, o envelhecimento natural do corpo vai diminuindo nossa massa magra, nossa massa óssea, nosso sistema cognitivo, assim como o nível de testosterona. É um processo normal de todo ser humano”, afirma. 

A boa notícia, no entanto, é que existem atividades específicas que podem desacelerar esse processo natural. E, além disso, dar uma força a mais para os pontos mais vulneráveis.

“Algumas atividades, como a musculação, podem ajudar a retardar o passar do tempo de maneira saudável, fortalecendo a musculatura e os ossos. Sempre indico os exercícios multiarticulares, como agachamento, supino, elevação, barras, paralelas e tudo que trabalha mais de uma articulação ao mesmo tempo. Isso gera aumento de massa muscular, auxilia no cognitivo, no equilíbrio e estabilidade”, detalha.

Mas primeiro…

Porém, antes de sair se exercitando por aí, o especialista alerta para os riscos da falta de orientação profissional.

“O primeiro passo é fazer um check up com médico e educador físico. É preciso ter o aval deles para iniciar qualquer atividade física, tenha você 15 ou 90 anos. Se você estiver apto, o próximo passo é fazer as atividades de acordo com o seu tipo de corpo e sua idade. Sempre tendo cautela quanto a lesões e ficar atento às articulações, sobrepeso de cargas e métodos. Pois, de acordo com eles, sua condição física pode piorar ao invés de melhorar”, completa.

Por fim, o coach também destaca os benefícios para a mente que as atividades físicas podem propiciar.

“Temos liberação de endorfina e dopamina todas as vezes que nos exercitamos. Esses dois hormônios nos trazem sensações prazerosas e que melhoram nosso dia a dia, bem como o relacionamento com as outras pessoas”, conclui.

Últimas