Sport Life Aprenda como fazer as escolhas certas no self-service

Aprenda como fazer as escolhas certas no self-service

Com uma grande variedade de opções, os restaurantes self-service podem ser vilões ou grande aliados na hora de manter a dieta

Sport Life
Sutterstock

Sutterstock

Sport Life

Não é porque você vai fazer as refeições longe de casa que vai sair totalmente da dieta e comer mal, certo? Para quem já está de volta ao escritório e não é adepto da bolsa térmica cheia de marmitas, saiba como escolher bem seu prato nos restaurantes do tipo self-service. Afinal, não faltam opções que oferecem uma grande variedade de alimentos para satisfazer o paladar – e, é claro, as necessidades nutricionais.

Como é você mesmo que monta seu prato, a responsabilidade de tornar a refeição uma aliada na dieta ou uma vilã, é totalmente sua. Pois, os restaurantes no estilo self-service também estão presentes as velhas tentações: batata frita, bife à milanesa, bolinhos diversos e até salgadinhos de festa, além da parte de sobremesas.

Para não se render a esses desejos e montar um prato nutritivo, a nutricionista Mônica Beyruti dá alguns conselhos:

Antes de montar seu prato, percorra todo o balcão e observe os alimentos que estão disponíveis no self-service. Assim, você não preenche o prato logo no começo, deixando-o ainda maior porque não resistiu às opções do final. Inicie a montagem pela salada, colocando sempre verduras e legumes, crus e cozidos. Lembre-se de que, quanto mais cores estiverem presentes no prato, maior a quantidade de nutrientes. Evite pegar um pouco de cada alimento quente para não exagerar na quantidade de comida. Eleja uma ou duas opções que você quer comer do self-service naquela refeição e pegue uma porção. Evite utilizar molhos industrializados para temperar a salada. Prefira azeite, limão, sal e ervas finas. Se a opção de sobremesa estiver inclusa no self-service, evite aquelas que são preparadas com muito açúcar ou biscoitos industrializados. Dê preferência para as frutas, incluindo as secas, que também são uma boa alternativa. Uvas passas e tâmaras, por exemplo, possuem um sabor mais adocicado.

Últimas