Sport Life A importância do movimento dos braços durante a corrida

A importância do movimento dos braços durante a corrida

O corredor que quiser diminuir o gasto de energia e reduzir o desgaste de algumas articulações precisa se atentar à ação dos braços

Sport Life
Getty Images

Getty Images

Sport Life

Até hoje existe muito debate de qual a melhor técnica para a corrida. A busca da biomecânica é encontrar informações para que o rendimento dos atletas melhore sempre. E a participação do movimento dos braços parece estar envolvida nisso.

O melhor desenho de um bom corredor normalmente conta com as passadas e movimentos de braços muito coordenados, no movimento apostos (quando a perna direita avança, o braço esquerdo também impulsiona).

A movimentação dos braços mostra sim ser importante para o corredor. Tanto que a atuação deles ajuda a melhorar o rendimento.

Um estudo antigo especulou que, além de ajudar na postura, o movimento dos braços poderia ajudar no aproveitamento da força de reação do solo, tornando o corredor mais eficiente e, portanto, mais competitivo. Além disso, outro estudo verificou que a participação deles durante a movimentação do corredor corresponde a cerca de 1% do deslocamento do centro de gravidade (porque, quando corremos, nosso centro de gravidade oscila para cima e para baixo).

Ainda já um terceiro estudo que investigou se haveria diferença no gasto energético e na postura de correr sem movimentar os braços, lembrando que, quanto menor o gasto energético para a mesma velocidade/ritmo, mais competitivo se torna o corredor.

Existem diferentes maneiras de segurar os braços durante a corrida, as quais os pesquisadores analisaram: a movimentação natural; “presos” atrás das costas; “presos” junto ao tórax e “presos” acima da cabeça.

De fato, houve aumento significativo do gasto energético para todas as formas em que os braços ficaram sem a movimentação natural. Além disso, houve também maior rotação de ombros e quadril nessas situações desfavoráveis. Maior rotação de articulações promove maior desgaste articular e, com isso, o risco de lesões sobe.

Em resumo: a participação dos braços na corrida é importante, sim, porque diminui o gasto de energia e desgasta menos algumas articulações.

Claro que nenhum de nós correrá segurando os braços, seja acima da cabeça, seja atrás ou na frente do tronco. Portanto, eles precisam se movimentar durante a corrida. Fica justificada, assim, a necessidade de prestar atenção e procurar uma movimentação biomecanicamente fluida.

Últimas