Sport Life 9 conselhos para ajudar na evolução de novos triatletas

9 conselhos para ajudar na evolução de novos triatletas

O número de triatletas cresce a cada dia, porém nem todo mundo que começa na modalidade tem conhecimento do que precisa para evoluir

Sport Life
Thikstock

Thikstock

Sport Life

Se você é mais um dos novos triatletas, tome muito cuidado na hora de treinar. A combinação de três modalidades: corrida, bicicleta e natação, é muito prazerosa, mas também exige muito do seu organismo. Por isso, separamos 9 dicas para te ajudar a melhorar o desempenho.

Aumentar as cargas aos poucos. Evite ir com muita sede ao pote, pois isso pode atrapalhar sua evolução. O ideal é buscar um aumento de carga de treinamento entre 2% e 3% por semana e, a cada quatro semanas, tire uma para descansar. Sempre se alongar. Isso é crucial antes da atividade física. Então, antes de iniciar seu treino, separe um tempo para desenvolver a flexibilidade das articulações-chave e desenvolva a força abdominal e lombar. Iniciar as atividades com o alongamento te ajudará a suportar os treinos e evitar muitas lesões. Atento a técnica de cada modalidade. Muitos triatletas sentem a necessidade de aumentar o volume de treinos, ao invés de desenvolver a técnica de cada uma das modalidades. Atenção às modalidades. É muito comum que os triatletas já tenham praticado alguma das modalidades de forma individual anteriormente. No entanto, se você quer iniciar o triathlon, você precisa dedicar um tempo para se aperfeiçoar em cada uma e, preferencialmente, naquelas em você ainda não tem tanta intimidade. Aproveite cada oportunidade para melhorar os seus pontos fracos, pois uma pequena evolução apresenta um grande ganho no resultado. Já se você seguir focado no que é bom, precisará de muita evolução para reduzir seu tempo de maneira significativa. Trabalhe a velocidade. Apesar de ser um esporte de resistência, é preciso treinar velocidade para ter competitiva importante. A velocidade é um componente vital do sucesso em provas de resistência. Sair da dieta. Um treino pesado não é uma desculpa para comer o que vier à cabeça. O treino para uma atividade que demanda bastante do corpo requer que você ingira combustíveis de alto rendimento. Lembre-se: é carboidrato e não qualquer porcaria! Respeitar o tempo de descanso. O repouso, a recuperação, a regeneração e o relaxamento são palavras que descrevem o processo que permite ao corpo adaptar-se ao treino pesado. Dormir o suficiente, fazer uma massagem, fazer outro tipo de exercício como diversão, comer bem e alongar são palavras-chave de uma recuperação efetiva. Maneire na intensidade. O treino aeróbio é o que o ajudará a desenvolver resistência e prepara o corpo para um trabalho mais duro. Deve ser feito em uma intensidade mais baixa, com ritmo e respiração relaxados. Planejamento. É importante desenvolver uma planilha de treinos para o triatlo como um todo e não apenas uma que foca uma das três modalidades.

Últimas