Sport Life 8 maneiras fáceis e rápidas para fazer ioga e relaxar

8 maneiras fáceis e rápidas para fazer ioga e relaxar

Dê uma freada no ritmo acelerado do dia a dia e reserve um tempo para praticar a ioga. É mais fácil e simples do que se imagina!

Sport Life
iStock/Getty Images

iStock/Getty Images

Sport Life

Muita gente leve um ritmo acelerado durante todo o dia e alega não ter tempo para nada. Por isso, separamos algumas atividades bem simples de fazer para que você pratique ioga. Meia hora no almoço ou acordar ou ainda antes de dormir. Arrume um espaço na sua agenda e venha!

Alongue: A primeira atividade para começar na ioga é a mais simples. Basta inspirar e elevar os calcanhares, enquanto alonga os braços para frente e acima da cabeça. Expire ao descê-los. Repita por 12 vezes Encolha e gire os ombros: Inspire e levante os ombros até a altura das orelhas. Ao descê-los, expire. Repita 3 vezes, e comece a girar os ombros para frente e para trás. Mantenha os braços relaxados. Inspire quando os ombros estiverem em cima e expire quando estiverem embaixo. Repita 5 vezes. Círculos com os braços: Levante os braços, com as palmas das mãos viradas para baixo. É sempre importante nessa parte da ioga que você mantenha os ombros relaxados. Desenhe círculos pequenos e vá aumentando, até se tornarem o mais amplos possíveis, mas sem que nenhuma parte do corpo fique tensionada. Quando chegar ao seu máximo, mude de sentido e comece a diminuir o tamanho dos círculos, até que os braços parem. Abertura de peito: Junte as palmas das mãos nas costas e estique os cotovelos, alongando os braços em direção ao chão. Mantenha a posição de ioga e respire, expandindo o peito a cada inspiração. Tente fazê-lo sem que tirar a coluna do lugar. Suba os braços, afaste-os das costas e volte a expandir o peito, fazendo novas respirações relaxantes. Inclinação lateral: Com as pernas afastadas na largura dos ombros, inspire e levante o braço esquerdo, mantendo a palma da mão voltada para dentro. Tente esticar ao máximo, alongando a parte esquerda do corpo. Incline-se na direção dos dedos da mão, deixando a direita deslizar sobre a perna. Respire profundamente 6 vezes. Volte à posição inicial da ioga e mude de lado. Rotação com apoio: Apoie as mãos na parte de baixo das costas. Incline-se ligeiramente para frente, e faça movimentos circulares com a bacia e o tronco. Deixe que a cabeça e os ombros façam os movimentos necessários para manter o equilíbrio da cintura. Rode 5 vezes em cada direção. Rode a cintura lentamente: Feche as mãos suavemente, e flexione os cotovelos para que fiquem na altura da cintura. Mantenha o pescoço e o quadril parados e rode a cintura lentamente de um lado para outro. Mantenha o foco na respiração da ioga e na contração do abdômen. Compressão abdominal: Com os pés um pouco mais afastados do que a largura do quadril, flexione ligeiramente os joelhos. Incline-se para frente, até que o peso da parte de cima do corpo fique apoiado sobre as coxas. Solte o ar e contraia o abdômen com firmeza, como se quisesse levar o umbigo na direção das costas. Enquanto inspira, deixe o abdômen voltar à posição inicial da ioga. Repita 10 vezes.

Últimas