4 lesões que mais acometem o joelho

Você sabe quais cuidados precisa ter com seu joelho antes de iniciar a prática de atividades físicas? Fique atento e evite lesões

Sport Life
Shutterstock

Shutterstock

Sport Life

Quem tem algum problema no joelho sabe as dificuldades que isso causa nas atividades diárias, não só na prática de exercícios físicos. Essa parte do corpo merece uma atenção especial, principalmente se você ficou muito tempo parado e vai voltar a praticar exercícios físicos. Por isso, consulte um médico sempre que sentir dor ou incômodo e antes de iniciar a prática de exercícios. O médico Samuel Lopes, especialista em cirurgias do joelho e traumas do esporte, explica as quatro lesões mais comuns e o quais cuidados tomar:

Condropatia patelar

Essa alteração da cartilagem da patela pode ser uma doença, um desgaste ou alguma lesão. Na condropatia, a cartilagem do joelho sofre um processo de degeneração progressiva, causando dor. Muitas vezes, a condropatia patelar faz parte de um complexo maior de uma síndrome dolorosa fêmur-patelar, quando existem outros fatores associados: biomecânicos, musculares, fraquezas, contraturas e hipomobilidade. É fundamental fazer um trabalho de fortalecimento muscular para prevenir e cuidar da condropatia patelar. Em qualquer exercício, também é imprescindível a correção da postura e a execução correta dos movimentos, além do cuidado com o excesso e a carga de treinamento.

Lesões dos meniscos

Existem dois perfis de lesões: as traumáticas, associadas aos esportes e atividades do trabalho; e as degenerativas, associadas ao desgaste natural no joelho com a idade e a fatores como sobrepeso e sedentarismo, que tornam o menisco sobrecarregado. Enquanto as lesões traumáticas na maioria das vezes são tratadas com cirurgia, as degenerativas evoluem bem com tratamento fisioterapêutico, fortalecimento muscular e atividade física orientada.

Artrose

Acomete principalmente pacientes idosos acima de 60 anos. É uma patologia que causa limitações de movimento do joelho, desde atividades simples como caminhadas e subir escadas, até a prática de exercícios físicos. A artrose pode ser tratada com exercícios, controle do peso e medicamentos que ajudam a aliviar a dor. Em alguns casos, a cirurgia pode ser indicada. O ideal é prevenir com bons hábitos ao longo da vida. “É preciso se cuidar, principalmente quando já se tem algum histórico de lesão meniscal ou uma lesão de cartilagem”, destaca Samuel.

LCA

A ruptura do LCA (Ligamento Cruzado Anterior) é um tipo de lesão que impacta a vida dos esportistas e é comum em pacientes jovens a partir dos 15 anos. O LCA é responsável pela estabilidade do joelho e, quando há ruptura, é necessário buscar meios de proteger e estabilizar a articulação do joelho. Para prevenir o problema, é essencial um trabalho de fortalecimento e cuidados durante os treinos. A cirurgia pode ser o tratamento indicado de acordo com as necessidades do paciente.

Últimas