Bem Estar Como escolher o colchão ideal para uma noite de sono perfeita

Como escolher o colchão ideal para uma noite de sono perfeita

A escolha de um colchão deve ser muito bem pensada, confira abaixo o que considerar na hora de comprar seu novo colchão

A escolha de um colchão deve ser muito bem pensada

A escolha de um colchão deve ser muito bem pensada

Divulgação

Um dos melhores investimentos que você pode fazer na sua vida é comprar de forma atenta e responsável um bom colchão para a sua cama. Isso porque, a longo prazo, a sua coluna vai lhe cobrar com juros e correções aquela economia boba que você fez para poder comprar um colchão mais barato, sem se preocupar com a sua saúde.

Quando se coloca as estatísticas na ponta do lápis e se faz as contas, podemos perceber que, levando em consideração 8 horas diárias de sono e uma expectativa de vida de 71,3 anos (segundo dados do IBGE), o brasileiro passa, em média, cerca de 24 anos dormindo. Mais aproximadamente: 23 anos, 9 meses e 7 dias. Ou seja, um pouco mais de um terço de toda a sua vida será passado em cima de um colchão. Então, por mais subestimado que este item possa ser, é uma negligência e irresponsabilidade com a nossa saúde não nos atentarmos ao lugar onde repousamos.

Pensando nisso, preparamos um texto especialmente para você que está interessado em saber como escolher o colchão ideal para uma noite de sono perfeita. Dicas preciosas sobre os melhores colchões, o que um bom colchão precisa ter, tipos de colchões ideais e muito mais estarão presentes aqui. E, depois que você terminar de ler, aproveite as vantagens e ofertas exclusivas do código promocional Emma para renovar de forma responsável o colchão da sua cama. Vamos lá?

Como escolher um colchão?
Bom, existem muitos detalhes que podem definir a sua escolha. Além do seu gosto pessoal sobre a densidade, conforto e sensação de bem-estar, que são aspectos muito importantes, você deve se atentar também às características técnicas do produto. A espessura, as dimensões (altura x largura x comprimento) e outros pontos devem ser avaliados e analisados. Vamos a eles:

Dimensões
Se a cama for box, por exemplo, existe uma padronização de mercado para cada um dos modelos. Infantil: 0,60 x 1,30 ou 0,70 x 1,50, solteiro: 1,88 x 0,78, viúva: 1,88 x 1,28, casal: 1,88 x 1,38, queen size: 1,58 x 1,98 e king size: 1,93 x 2,03. Mas é claro que, dependendo do fabricante, o tamanho do colchão pode sofrer pequenas variações.

Densidade
A densidade de um colchão é super importante porque é ela que irá definir a durabilidade do colchão no sentido dele não deformar ou afundar com o passar do tempo, prejudicando sua saúde a médio e longo prazo. Normalmente, as lojas de colchões e as fabricantes fornecem ao consumidor a famosa tabela de densidade que mostra qual é a melhor densidade para você de acordo com o seu peso e a sua altura. As medidas podem variar entre D18 a D45, aproximadamente.

Conforto
Uma pergunta muito recorrente é sobre o conforto do colchão. Isso dependerá, basicamente, de dois fatores: o tipo de material da espuma e o tipo de armação das molas. O extra macio é indicado para aqueles que precisam ficar deitados por recomendações médicas, porém, não é indicado para quem tem problemas na coluna.

O macio é indicado para crianças, adolescentes e adultos que estão dentro do peso. Já o chamado confortável/médio é recomendado para pessoas adultas que podem, eventualmente, estar acima do peso. O firme/confortável é um dos mais comprados por casais porque tem uma maior resistência e durabilidade.

A densidade de um colchão é super importante porque é ela que irá definir a durabilidade

A densidade de um colchão é super importante porque é ela que irá definir a durabilidade

Divulgação

Para aqueles que possuem problemas na coluna, como escoliose ou lombalgia, o colchão mais indicado é o firme semi-ortopédico. Por fim, temos o extra firme que é fabricado geralmente com chapa de madeira ou isopor e proporciona uma sensação mais firme para o corpo.

Tipos de colchão
Normalmente, o colchão de espuma é o mais comum e barato. Por não ter uma estrutura robusta e reforçada, ele pode deformar com maior facilidade e num espaço de tempo bem menor que o ideal. Contudo, por ser o mais barato do mercado é o tipo mais buscado e comprado pelos consumidores que se preocupam apenas com a questão do preço.

Assim, uma alternativa são os colchões de mola, sejam elas ensacadas ou pockets, pois eles proporcionam a maciez e uma distribuição melhor do peso, combinando o melhor dos dois mundos. As ensacadas, por exemplo, são ideais para casais que se mexem muito enquanto dormem. As chamadas molas de bonnel ou prolastics também oferecem uma boa estabilidade, mas com o tempo e o uso podem promover ruídos sonoros indesejados.

Outros detalhes
Além de tudo isso visto acima, alguns colchões podem oferecer extras bem atrativos e interessantes do ponto de vista técnico e prático. O pillow top, o tecido stress free, fibras de carbono, sistema no turn e materiais ortopédicos são diferenciais que podem encarecer o produto, mas que, com certeza, a longo prazo, serão investimentos bem feitos para a sua saúde.

Agora, para garantir um bom sono, é só escolher cuidadosamente seu colchão para dormir o sono dos justos.

Últimas