Perfume brasileiro é finalista em prêmio pela primeira vez

O Amyi VIII vai concorrer na categoria Perfumaria Independente na 7ª edição anual da premiação "Art and Olfaction Awards"

Perfume é finalista em prêmio

Perfume é finalista em prêmio

Divulgação

O perfume Amyi VIII, criado com exclusividade pelo perfumista Samuel Moraes, foi nomeado finalista da sétima edição anual do prêmio "Art and Olfaction Awards", que terá cerimônia para divulgação dos vencedores ao final de setembro, na cidade de Los Angeles, Califórnia. É a primeira vez que uma marca brasileira chega tão longe na disputa. O eau de parfum Amyi VIII concorre na categoria Perfumaria Independente.

"É uma grande honra ser o primeiro perfumista brasileiro reconhecido por essa prestigiosa premiação internacional na categoria Perfumaria Independente. Agradeço a Amyi pela oportunidade de criar livremente e a Symrise que me oferece os melhores ingredientes disponíveis no mercado", destaca o perfumista Samuel Moraes, da Symrise, uma das maiores casas de fragrância do mundo.

Samuel integra um time de três perfumistas que foram convocados pela nova empresa de perfumaria Amyil para criar fragrâncias com total liberdade. Além dele, participaram do projeto Sandra Casagrande, da Takasago, casa de fragrância japonesa fundada em 1920; e Cleber Bozzi, da Drom, da Alemanha.

Mais do que uma fragrância, o Amyi VIII é resultado de uma nova forma de criação e venda dos produtos. Como explica Luciana Guidi, co-fundadora e CMO da Amyi, foram feitos nove perfumes, em versões 7ml e 100ml. As miniaturas integram a Experiência Amyi.

A cliente adquire os nove aromas e depois será conduzida a escolher seu preferido

A cliente adquire os nove aromas e depois será conduzida a escolher seu preferido

Divulgação

A cliente adquire os nove aromas e participa de uma espécie de pesquisa online, por meio da qual entra em contato com as emoções despertadas pelos cheiros, proporcionando uma escolha mais consciente e verdadeira por um novo perfume. “Não se trata apenas de vender perfumes, mas de ajudar as pessoas a se conhecer melhor e viver uma experiência única por meio do sentido que mais desperta memórias e lembranças, o olfato”, afirma Luciana.

A Amyi agregará novos perfumes à sua plataforma a cada ano. “E não vamos parar por aí. Nosso negócio vai evoluir até chegar a um ponto em que cada pessoa terá tanto conhecimento sobre seu próprio gosto que será capaz de escolher os ingredientes para criar seu próprio perfume”, afirma Larissa Mota, co-fundadora e CEO da Amyi.