Beleza Exposição ao sol sem protetor piora acne e causa envelhecimento

Exposição ao sol sem protetor piora acne e causa envelhecimento

Uso de filtro solar deve ser feito diariamente e os cuidados com a pele precisam ser personalizados, dizem especialistas

  • Beleza | Brenda Marques, do R7

Tomar sol sem filtro solar pode expor a pele a danos e envelhecimento

Tomar sol sem filtro solar pode expor a pele a danos e envelhecimento

Reprodução/Pixabay

Além de ser o principal fator de risco para o câncer de pele, a exposição contínua aos raios ultravioleta causa problemas que incluem piora da acne, manchas escuras - chamadas de hiperpigmentação - e envelhecimento.

Daí a importância de usar protetor solar todos os dias, reaplicá-lo a cada duas horas e escolher o tipo adequado para a sua pele. Esse foi o alerta dado por especialistas durante evento online internacional promovido pela La Roche-Posay, reconhecida marca de cosméticos, nesta quinta-feira (10) para falar sobre proteção solar.

"O sol pode amplificar todos os problemas de pele, inclusive o câncer", afirmou o dermatologista e professor francês Thierry Passeron, especialista em fotoproteção.

"Muito se fala dos raios UVB, que podem causar queimadura, mas os raios UVA, por sua vez, causam danos ao DNA, alergias, acne e têm grande impacto sobre o envelhecimento da pele", destacou ele.

Por isso, ao escolher um protetor solar, é preciso verificar se ele protege contra os dois tipos de radiação ultravioleta, alertou o especialista. "O FPS [Fator de Proteção Solar] demonstra apenas a proteção contra UVB, é importante observar se há proteção contra UVA, muitas vezes indicada pela sigla PA", explicou.

No Brasil, todos os protetores devem ter ação simultânea contra os raios UVA e UVB para que obtenham a aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Mais sol, mais acne

O encontro online ainda contou com o depoimento de Joana, uma paciente que lida com o problema da acne desde a adolescência.

"Eu tinha uma condição severa de acne e pensava que o sol não interferia nisso, mas entendi que ele faz mais mal do que bem. A minha pele ficava mais oleosa, gerando inflamações, e isso criava mais acne", contou ela.

Joana acrescentou que os transtornos diminuíram quando passou a adotar uma rotina diária de cuidados com a pele, incluindo o uso do protetor solar.

Passeron enfatizou que "não existe fórmula mágica" para garantir a proteção contra os efeitos da exposição ao sol e que os cuidados devem ser adaptados conforme a pele de cada um, com o acompanhamento de um dermatologista.  Ele também deu uma dica para as mulheres: o protetor sempre deve ser aplicado antes da maquiagem.

Pele negra

Por sua vez, o também dermatologista e professor Andrew Alexis, especialista em cuidados com a pele negra, frisou que todas as pessoas precisam se proteger dos efeitos trazidos pela exposição ao sol.

"A melanina oferece proteção, mas ainda assim existem riscos. Pessoas negras têm maior risco de sofrer com hiperpigmentação", explicou. "Felizmente, temos cada vez mais opções [de protetores] para todos os tipos de pele", observou.

Últimas