Como cuidar da área dos olhos, em foco em tempos de máscaras

A dermatologista Luciana Garbelini explica um pouco mais sobre essa região do rosto que às vezes pode ficar esquecida durante o skincare

A pele ao redor dos olhos é mais fina e exige cuidados específicos

A pele ao redor dos olhos é mais fina e exige cuidados específicos

Pixabay

Com o uso das máscaras de proteção, que escondem boa parte do rosto, a área dos olhos ficou em evidência. Rotina, alimentação, sono, esses são alguns fatores que podem contribuir para um olhar mais bonito, garante a dermatologista Luciana Garbelini, da Clínica Luciana Garbelini, de São Paulo. “A pele ao redor dos olhos é mais fina, seca e vascularizada, diferente do rosto, por isso a importância do uso de produtos específicos”, explica.

Fórmulas próprias para a região reduzem a chance de irritações e favorecem a penetração de substâncias. “Os veículos e concentrações são adequados e podem ser personalizados conforme a intenção do tratamento e de acordo as características dessa pele”, diz a médica.

Máscara deixa os olhos em evidência

Máscara deixa os olhos em evidência

Pexels

Para uma rotina básica de skincare, que inclui essa região, a dermatologista indica demaquilantes com base oleosa ou hipoalergênicos, além de sabonetes líquidos neutros.

Também recomenda aplicar uma camada fina de antioxidantes pela manhã e outra mais espessa de nutritivos ou hidratantes à noite para acordar com as pálpebras mais hidratadas. “E protetor solar no rosto inteiro, incluindo as pálpebras”, destaca Luciana.

Os produtos mais interessantes para essa parte do rosto, de acordo com a dermatologista, no geral contam com: retinol ou glicólico em baixa concentração, para estimular turn over celular e tratar rugas. Vitamina K, cafeína e derivados para melhorar a circulação e o arroxeado. Tensores como argireline para disfarçar a flacidez. Hidratantes como ácido hialurônico para preencher as rugas finas e craquelados, clareadores como vitamina C e niacinamida.

Já sobre o uso das ‘eye masks’ e se seria interessante investir na novidade, a médica explica que usa-las ou massagear a área com cremes específicos são atitudes equivalentes. “Colocar uma máscara ou depositar uma camada mais grossa de hidratante proporciona um efeito intensificado.” Assim, as ‘eye masks’ acabam entrando como uma opção para dar uma inovada na hora de cuidar da área dos olhos.

Principais problemas

Segundo a especialista, as principais queixas que chegam ao seu consultório e estão relacionadas à região dos olhos são olheiras profundas, melânicas (marrom) ou vasculares (arroxeadas). Além de rugas finas de expressão abaixo dos olhos por flacidez, bolsas e excesso de pele nas pálpebras superiores e inferiores.

A dermatologista explica que, além dos cuidados diários, existem procedimentos estéticos que podem ser usados para suavizar alguns dos quadros. Um deles é a toxina botulínica, que relaxa a musculatura e alivia as rugas de expressão. Também o skinbooster (hidratação injetável) para hidratação das rugas.

O jato de plasma para contração do excesso de pele e pequenas bolsas e o ultrassom microfocado para o arqueamento de sobrancelhas. Atualmente, ainda existe a técnica Fox Eyes, que eleva a extremidade lateral das sobrancelhas com fios de sustentação. Veja abaixo na galeria.