Manchas escuras na pele – O que é, tipos e tratamentos

Manchas escuras na pele são sempre um problema que incomodam bastante. É importante saber os tipos de pele existentes e saber como tratar.

Manchas escuras na pele incomodam bastante muita gente. O que é entendível, uma vez que essas marcas podem aparecer de diferentes formas e com características diferentes.

Essas manchas podem surgir no rosto, mãos, braços ou outras partes do corpo que sofram com a exposição solar, alterações hormonais, acnes ou até mesmo feridas na pele. Em casos mais graves, porém, as manchas podem indicar câncer de pele, ou seja, fique bem atento às suas características.

Se ocorrer da mancha aumentar de tamanho, apresentar cores diferentes ou crescendo, você deve ir ao dermatologista para que ele examine com uma luz específica. É recomendado também, caso a mancha surja sem causa definida e esteja incomodando.

Manchas escuras na pele

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Area de Mulher
Imagem: Dermato FJ Manchas de acne

Essas manchas escuras na pele são marcas que acabam permanecendo depois que as espinhas cicatrizam. Com o processo inflamatório de acne e a tendência própria da pessoa produzir melanina na pele, acabam formando a pigmentação pós-inflamatória, mais conhecidas como manchas de acne. Elas possuem diferentes tons de cor, como por exemplo, roxo, vermelho ou marrom.

Melanoma

Diversos tamanhos, cores e texturas são o que manifestam o câncer de pele. É o mais raro e grave tipo da doença. Esse tipo de marca pode surgir de uma hora para outra ou prosseguir de uma pinta ou sinal antigo. Assim, se transforma em tumor. O principal motivo pra tal aparecimento é o excesso de radiação solar na pele sem proteção.

Sardas (Efélides)
Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Area de Mulher
Imagem: Vix

São manchas que surgem em que possui predisposição genética, e principalmente, para quem é sensível ao sol. Sardas são pequenas marcas que são pigmentadas, em tons avermelhados ou marrons claro. Surgem em pessoas de pele clara e ruiva, primordialmente com fototipos mais baixos. Elas costumam aparecer dos 2 aos 3 anos de idade, e vai aumentando durante a adolescência, porém pode sumir parcialmente na fase adulta.

Melasma

Essas são manchas hormonais que surgem ou na gravidez ou no uso de anticoncepcionais, que são causados pela exposição solar. É uma marca com tom escuro, marrom e aparece geralmente no rosto e algumas outras partes do corpo, como por exemplo, braços, pescoço e colo. Esse problema surge por causa do aumento de atividades de melanócitos, que são células produtoras de melanina.

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Area de Mulher
Imagem: Diário do aço Melanose Solar

Essas são marcas escuras que surgem na pele por razão de acúmulo de danos solares ao decorrer dos anos. Pode ser que elas apareçam no corpo todo, incluindo regiões mais expostas como por exemplo: colo, braços, rosto e mãos. Esses são locais habituais para que essas manchas surjam, a partir dos 40 ou 50 anos de idade.

Ceratose Seborreica

É um sinal alto e escuro que surge na pele em consequência do processo natural de envelhecimento e é, normalmente, benigno e não aponta nenhum tipo de perigo à saúde.

Diabetes
Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Area de Mulher
Imagem: Vix

Pessoas negras ou mestiças que tem diabetes, de forma geral, acabam desenvolvendo algum tipo de mancha escura na pele, na região ao redor do pescoço e dobras cutâneas. São provocas pelos antidiabéticos orais ou alterações hormonais como por exemplo hipotireoidismo ou ovários policísticos.

Manchas causadas por limão

Elas podem surgir nas mãos ou braços, quando em contato com limão seguido de exposição solar. Essas manchas são chamadas de fitofotomelanose e podem demorar de 2 à 3 dias para aparecer. O ideal é lavar a pele manchada muito bem e colocar filtro solar por cima para que ela não escureça mais. A tendência é que essa mancha clareie com o passar do tempo, mas pode levar até 4 meses para isso.

Corantes naturais – 10 opções para colorir seus pratos e benefícios

×

Tratamentos

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Area de Mulher
Imagem: Mulher mais forte Tratando manchas causadas pelo sol

Faça uma esfoliação de pele duas vezes por semana, já que isso ajuda a retirar as manchas claras e superficiais. Por isso, o laser ou luz intensa é uma boa opção para deixar o tom de pele uniforme. É de extrema importância que você use filtro solar todos os dias para as manchas existentes não fiquem mais escuras e que não surjam outras novas.

Tratando manchas de gravidez

Aplicando de forma diária filtro solar com um fator mínimo 30 de proteção. Evite a exposição prolongada no sol durantes os momentos mais quentes. Use cremes hidrantes que contenham vitamina C. Se isso não se resolver depois que o bebê nascer, você pode usar tratamentos como laser ou peeling de diamante ou ácidos, por exemplo.

Tratando ceratose seborreica
Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Area de Mulher
Imagem: Moema Santana

Primeiramente, seja avaliado por um dermatologista para descartar câncer de pele, já que eles podem ser confundidos. Normalmente, não precisa de tratamento, mas pode ser feito uma pequena cirurgia para que o sinal seja retirado.

Tratando manchas de acne

As mais claras pode ser atenuadas com peeling superficial, mas, as mais escuras só podem ser tratadas com cremes despigmentares, como por exemplo óleo de rosa mosqueta. Outra opção é fazer peeling com ácidos, já que ele remove camadas superficiais e intermediárias existentes na pele, fazendo com que surja uma nova pele sem manchas escuras na pele.

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Area de Mulher
Imagem: Polloshop Tratando manchas de diabetes

Realizando esfoliamentos com sabonete líquido e açúcar uma vez por semana, você consegue clarear a pele. Mas, emagrecer e praticar exercícios são de extrema importância para que o tratamento tenha sucesso, assim, a diabetes tipo 2 pode ser curada e não vai mais precisar de tomar remédios antidiabéticos. Que são os principais responsáveis pelas manchas escuras na pele.

Tratando manchas causadas pelo limão
Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Area de Mulher
Imagem: Mundo boa forma

Aplique um creme ou loção que clareie, além de conter vitamina C. Podem ser comprado em farmácias e lojas de produtos de estética.

Tratando sardas

Você pode usar cremes ou loções que clareiem e contenham hidroquinona, por exemplo. Como elas são de característica genética, elas não vão desparecer completamente. Use creme caseiro misturando uma lata de creme nívea, um tubo de hipoglós, uma ampola de vitamina A e um vidro de óleo de amêndoa doce.

Aplique a máscara caseira diariamente preparada com uma clara de ovo, uma colher de sopa de leite de magnésia e uma tampinha de bepantol líquido. Aplique na pele por 30 minutos e lave com água em seguida. Aplique em dias alternados num período de 3 a 4 semanas. Use também diariamente, filtro solar com fator 15.

Reconhecendo câncer de pele

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Manchas escuras na pele: O que é, tipos e tratamentos

Area de Mulher
Imagem: UOL

Inicialmente, ele aparece como uma pequena mancha escura que cresce ao decorrer do tempo, de várias cores e forma irregular. Para saber se é câncer, observe se a mancha está bem separa de outras e está isolada; se a mancha tem mais de 6 mm e possua bordas irregulares; e se há mais de uma cor na mesma mancha.

Para tratar, consulte um médico dermatologista o mais rápido possível para dar início ao tratamento adequado e ter maior probabilidade de cura. Todos os cuidados ajudam a clarear as manchas escuras na pele em casa. Mas sempre sob orientação de um dermatologista.

Além disso, caso as manchas escuras na pele não diminuam depois de um mês de tratamento é aconselhar voltar ao médico e fazer uma nova avaliação. Em resumo, fique atenta a todo tipo de mancha escura que apareça na pele que não estava presente desde o nascimento, caso ela aumente ou mude de forma ou altere qualquer forma característica, procure um dermatologista e inicie o tratamento adequado.

E então? Gostou da matéria? Aproveite e confira: Ácido salicílico – O que é, como usar e contraindicações

Fontes: Dermaclub, Tua saúde

Imagem de destaque: Diário do aço

Essa matéria Manchas escuras na pele – O que é, tipos e tratamentos foi criada pelo site Área de Mulher.